Fotos: Vinnicius Cremonez/Arquivo

Polícia Civil segue investigando caso de estupro em Itaocara

Foto: Vinnicius Cremonez / Arquivo
Fotos: Vinnicius Cremonez

A Polícia Civil de Itaocara segue investigando o caso de estupro de vulnerável que aconteceu na última sexta-feira(05) no município.

Naquele dia um jovem identificado como A.S.G., de 19 anos, teria pegado uma adolescente de 12 anos na saída da escola e levado a menina para o vestiário do campo de futebol da localidade de Batatal. A polícia foi acionada pelo pai da adolescente que descobriu que sua filha, teria ficado quatro horas e meia dentro do banheiro com o jovem.

Após buscas A.S.G. foi localizado pelos policiais na casa de uma outra menina, que seria sua namorada, no distrito de Laranjais, e conduzido para 135ª Delegacia Legal no centro de Itaocara. A menina foi encaminhada para exames de corpo de delito no Instituto Médico Legal de Pádua, onde foi constatado que a vítima teria sido molestada mas que não houve conjunção carnal.

Segundo a Polícia Civil de Itaocara, todas as devidas medidas necessárias foram tomados depoimentos de todos os envolvidos no caso. Após exames e depoimentos, foi pedido a prisão do suspeito, que foi indeferido pela justiça.

policia militar itaocaraEm entrevista a nossa redação, a delegada titular da 133ª DP de Itaocara, Dr. Veronica de Oliveira, disse que foi pedido a prisão preventiva do jovem para garantir a paz e a tranquilidade da sociedade, e da vítima, e para não prejudicar as investigações. O pedido foi negado pelo plantão judiciário de Itaperuna, alegando que não havia necessidade de prender o jovem no momento.

Ainda segundo a Dr. Veronica, não é preciso ter conjunção carnal para ser considerado um estupro, basta ser praticado qualquer ato libidinoso contra a vítima, e que o processo será encaminhado para a justiça de Itaocara, que deve acionar o Ministério Púbico da cidade.

Todos os atos que implicam na manipulação erótica de órgãos pelo respectivo parceiro, são considerados atos  libidinoso. O caso segue sendo investigado pela delegacia de Itaocara, e o jovem pode ser preso no decorrer do processo.

Itaocara delegacia

Mais do SFn