segunda-feira , 19 outubro 2020

Polícia Ambiental faz operação para coibir pesca predatória Aproximadamente 5.500 metros de rede de espera foram apreendidos

Aproximadamente 5.500 metros de rede de espera foram apreendidos

Fotos: Divulgação UPAm

Guarnições da Unidade de Polícia Ambiental do Parque Estadual do Desengano (3ª UPAm) e da 7ª UPAm, junto a um agente de fiscalização ambiental da prefeitura de Quissamã, realizaram neste sábado (11/02) uma operação para coibir a pesca predatória no município.

Segundo informações da 3ª UPAm, as equipes foram até a Lagoa Feia, em Barra do Furado, e durante um patrulhamento encontraram no interior de um barco, várias redes para capturar os peixes em período de defeso.

Aproximadamente 5.500 metros de rede de espera foram apreendidos. A ocorrência foi registrada na 130ª Delegacia Legal do município.

 

Mais do SFn