Polícia Ambiental encontra grande área desmatada em Santa Maria Madalena O local desmatado é uma Área de Preservação Permanente (APP) por estar a menos de 30 metros de distância de uma nascente e curso d'água

O local desmatado é uma Área de Preservação Permanente (APP) por estar a menos de 30 metros de distância de uma nascente e curso d'água

Agentes da 3ª Unidade de Polícia Ambiental do Parque Estadual do Desengano encontraram uma grande área de desmatamento em Santa Maria Madalena, na Região Serrana do Rio. A área, com cerca de 20 mil metros quadrados, fica no interior de uma fazenda em Água Limpa. De acordo com os agentes da 3ª UPAm, um homem que se apresentou como empregado do local acompanhou o trabalho da equipe. Os policiais verificaram a supressão de vegetação secundária em estágio inicial de regeneração (remanescente de vegetação campestre com porção subterrânea incipiente, com fisionomia de herbácea aberta, em uma determinada área ou terreno, viva e inferior a 50% medido do nível do solo), possivelmente feita com uso de trator, em uma Área de Preservação Permanente (APP), por estar a menos de 30 metros de distância de uma nascente e curso d’água. Foi constatado, ainda, o corte seletivo de algumas árvores em estágio médio de regeneração, aparentemente também feito pelo uso de um trator, estando todo material lenhoso no local. (continua após a publicidade)

Quando questionado pelos policiais se possuía autorização de órgão ambiental competente, o homem informou não possuir as licenças necessárias, mas informou que a responsável pelo local seria sua patroa, que mora no município do Rio de Janeiro. Com base na lei de crimes ambientais, o caso foi registrado na 156ª Delegacia Legal de Santa Maria Madalena. Vale ressaltar que a população tem no Linha Verde, um canal para denunciar qualquer crime ambiental no Estado do Rio. As denúncias podem ser feitas pelo telefone 0300 253 1177 (custo de ligação local) ou ainda através do aplicativo para celulares “Disque Denúncia RJ”. O anonimato é garantido ao denunciante.

Mais do SFn