Polícia Ambiental destrói armadilha para pesca predatória

Policiais da 3ª Unidade de Polícia Ambiental do Parque Estadual do Desengano (3ª UPAm) destruíram uma armadilha montada para pesca do tipo Parita no Rio Muriaé, em Itaperuna.

Os policiais realizavam uma operação para combater a pesca predatória no perídios da piracema. A armadilha, feita com pedaços de bambu e ferro, foi montada no trecho da localidade de Nossa Senhora da Penha. Nenhum pescador foi encontrado no local. A armadilha foi destruída pelos policiais ambientais.

VEJA MAIS

VEJA MAIS