PM que seria líder de facção é preso em operação em Campos; outras cinco pessoas foram presas

Essa é a décima fase da "Operação Refrenata", que teve início em 2020, com objetivo de reprimir crimes de tráfico de drogas, homicídio, milícia e outros

Um sargento da polícia militar lotado no 32º BPM de Macaé, e outras cinco pessoas foram presas na décima fase da Operação Refrenata, deflagrada pela 146ª Delegacia de Polícia de Guarus, em Campos. A operação de hoje foi realizada no distrito de Santo Eduardo e na localidade de Santa Maria, região de divisa com o Espírito Santo. A operação, coordenada pelo delegado titular Pedro Emílio Braga, contou com apoio de policiais militares do 8º BPM e da 6ª Delegacia de Polícia Judiciária Militar.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

Os seis presos são suspeitos de envolvimento com atividade de narcomilícia na região da divisa, segundo a Polícia Civil. Ainda de acordo com a polícia, o sargento é apontado como líder da facção. As prisões são resultado de uma investigação que apurou um crime de homicídio tentado feito pelo grupo criminoso, que invadiu uma residência na localidade de Santa Maria e abriu fogo contra toda uma família.

Ainda de acordo com a polícia, na ação os policiais aprenderam três armas de fogo e munições de diversos calibres, além de celulares e dinheiro. A “Operação Refrenata” teve início em 2020 e tem o objetivo de reprimir crimes pertinentes ao sistema integrado de metas.

VEJA MAIS

VEJA MAIS