PM lotado no 36º BPM de Pádua é morto a tiros: policial é presa suspeita de matar o ex-companheiro

O crime aconteceu no município de Bom Jesus do Itabapoana. O policial era lotado no 36º BPM em Pádua, e a acusada, também militar, é lotada no 29º BPM de Itaperuna

O subtenente da Polícia Militar Fábio da Rocha Correa, lotado no 36º BPM de Santo Antônio de Pádua, foi morto a tiros na madrugada deste sábado (11) no município de Bom Jesus do Itabapoana, no Noroeste Fluminense. O crime aconteceu na frente de um condomínio na RJ-230.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

Uma cabo policial militar, lotada no 29º BPM de Itaperuna, foi presa acusada de ter cometido o crime. Quando policiais da companhia de Bom Jesus chegaram ao local ela teria informado que os disparos teriam sido efetuados por homens encapuzados que estavam em um carro, mas a versão foi desmentida por uma testemunha, que afirmou que a policial que atirou no ex-companheiro.

O subtenente chegou a ser socorrido por uma ambulância e encaminhado ao PU de Bom Jesus, mas não resistiu aos ferimentos. A policial acusada de ter cometido o crime foi presa e encaminhada para a 143ª Delegacia de Polícia de Itaperuna, onde o caso é investigado. A arma que estava com a policial foi apreendida, uma pistola de calibre 380.

O 36º BPM divulgou uma nota lamentando a morte do Subtenente. “É com profundo pesar que comunicamos o falecimento do Subtenente Fábio Corrêa lotado no 36º BPM, que faleceu após ser alvejado por disparo de arma de fogo. Sua marca jamais será apagada, passe o tempo que passar, a saudade sempre fará parte da #Família36BPM. Esta é uma despedida muito triste, além do adeus o 36° Batalhão de Polícia Militar agradece por ter honrado a nobre missão de servir e proteger nossa sociedade! Que Deus conforte nossos corações, dos familiares e amigos! Descanse em paz!”, diz a nota.

VEJA MAIS

VEJA MAIS