Pela primeira vez, Noroeste Fluminense está em bandeira verde no Mapa de Risco da Covid-19

A Região Serrana permaneceu em bandeira verde, que indica risco muito baixo para Covid. Foi registrada uma queda de 28% no número de óbitos provocados pela doença e 28% nas internações no estado

A 59ª edição do Mapa de Risco da Covid-19, divulgada nesta sexta-feira (03/12) pela Secretaria de Estado de Saúde (SES), mostra que pela primeira vez na série histórica, o Noroeste Fluminense está em bandeira verde, de risco muito baixo para transmissão da Covid-19. O levantamento indica uma queda de 28% no número de óbitos provocados pela doença e 28% nas internações em todo o estado do Rio, que está em bandeira verde. A análise compara as semanas epidemiológicas 46 (de 14 de novembro a 20 de novembro) e 44 (de 31 de outubro a 06 de novembro).

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

As regiões Metropolitana I e Serrana permanecem em bandeira verde, de risco muito baixo. O Noroeste, que estava em bandeira amarela, passou para a bandeira verde. As regiões Norte, Baixada Litorânea, Baía da Ilha Grande, Centro-Sul e Metropolitana II estão classificadas como risco baixo, em bandeira amarela. A região Médio Paraíba é a única classificada em bandeira laranja, com risco moderado para Covid-19. A alteração nessa região ocorreu devido ao aumento de 3 óbitos (de 4 para 7) nas semanas analisadas.

“O estado permanece avançando no combate à pandemia da Covid-19. Isso é reflexo das medidas de enfrentamento e da campanha de imunização. Por outro lado, estamos diante de uma nova variante circulando no mundo e de um surto de influenza. Por isso, é importante mantermos os cuidados individuais, como uso de máscara de proteção, lavagem das mãos e álcool em gel. Também precisamos que as pessoas retornem aos postos para tomar a segunda dose e a dose de reforço contra Covid, assim como a vacina contra influenza” – reforça o secretário de Estado de Saúde, Alexandre Chieppe.

VEJA MAIS

VEJA MAIS