Patrimônio da cultura fidelense, centenária Banda 22 de Outubro recebe Moção de Aplausos concedida pela Alerj

A Banda foi fundada em 1916, e desde então, contribui ricamente para a cultura fidelense e do estado; este ano a Sociedade Musical completará 106 anos

A Sociedade Musical 22 de Outubro, que este ano completará 106 anos de muitas histórias e de propagação da cultura em São Fidélis e no Estado do Rio, foi agraciada, nesta sexta-feira (29/04), com um diploma de Moção de Aplausos concedido pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro. A honraria foi entregue pela Deputada Célia Jordão.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

Ao longo desses anos, a banda foi uma das grandes marcas da cidade, suas apresentações frequentes, dentro e fora do município encantaram, emocionaram e divertiram muitas pessoas. Vários músicos, atuantes em vários estados do país, como Minas Gerais, Espírito Santo, Amazonas, e cidades vizinhas como Campos, tocaram as primeiras notas na 22 de Outubro. A banda também exerce um papel social importante, tirando crianças e adolescentes das ruas e os apresentando ao meio musical.

continua após a imagem

Fundação aconteceu em 1916
No início do século XX, existiam no município as bandas Filofênica Fidelense e a Iauterpe Fidelense. Por motivo de desentendimentos entre elas, ambas foram fechadas, deixando os músicos dispersos. No dia 22 de Outubro de 1916, um médico da época chamado Dr. Chimendes, precisava que alguém tocasse no aniversário de 15 anos do seu filho. Como as bandas anteriormente existentes haviam acabado, ele resolveu contratar os músicos para formarem uma nova, com o nome 22 de outubro.

Hoje a 22 de Outubro é presidida pelo Pedro Carlos Mariano, conhecido como Pedrinho. Ele é filho de Pedro Mariano de Medeiros, que faleceu em novembro do ano passado, deixando um legado na história da banda. Foram mais de 60 anos dedicados à “Eterna Furiosa”, sendo 35 deles como presidente.

Ao SF Notícias, o maestro Wellington Luiz, o popular maestro Tom, falou sobre a homenagem. “Muito gratificante! É uma honra receber essa moção, afinal de contas, são 105 anos da banda prestando serviço à cultura fidelense e estadual”, disse o maestro. Veja o vídeo em nosso Insta > @sfnoticias.

VEJA MAIS

VEJA MAIS