terça-feira , 20 outubro 2020

Pássaro da fauna silvestre brasileira é resgatado de cativeiro em Santa Maria Madalena A ave foi levada ao Parque Estadual do Desengano, onde após tratamento, será devolvida ao seu habitat natural

A ave foi levada ao Parque Estadual do Desengano, onde após tratamento, será devolvida ao seu habitat natural

Fotos: SF Notícias

Policiais Militares lotados na Unidade de Policiamento Ambiental (UPAm) do Parque Estadual do Desengano, cumprindo ordem de policiamento a fim de averiguar denúncia de crime ambiental encaminhada pelo Linha Verde (0300 253 1177) resgataram neste sábado (18), um Pixanxão mantido em cativeiro em Santa Maria Madalena. Segundo os agentes, em uma residência localizada na Avenida Nossa Senhora de Fátima, no Arranchadouro, fizeram contato com o proprietário da residência, que confirmou ter um pássaro da fauna silvestre brasileira em cativeiro, sem que o mesmo possuísse anilhas de identificação junto ao IBAMA. (continua após a publicidade)

Como ele também não tinha nenhuma autorização de órgão pertinente para mantê-lo preso, os policiais o encaminharam à 156ª Delegacia Legal, onde a ocorrência foi registrada com base no artigo 29 da lei de crimes ambientais. A ave foi levada ao responsável pelo Parque Estadual do Desengano, onde após tratamento, será devolvida ao seu habitat natural. Denuncie crimes ambientais no Estado do RJ ao Linha Verde, através do telefone 0300 253 1177 (custo de ligação local) ou ainda pelo aplicativo “Disque Denúncia RJ”. O anonimato é garantido ao denunciante.

Mais do SFn