segunda-feira , 19 outubro 2020

Parque estadual do desengano, um tesouro sendo descoberto

O Parque  Estadual do Desengano é o parque mais antigo do Rio de janeiro e o terceiro maior com 22.400 hectares de terra e pertence aos municípios de São Fidélis, Campos dos Goytacazes e Santa Maria Madalena onde é localizada a sede administrativa e o centro de visitantes, porem o principal acesso ao parque é por São Fidélis, pois por Campos o acesso é inviável e por Santa Maria Madelena muito difícil.

desengano-grupo

Entrevistamos essa semana, a senhora Lulu Assumpção, de 58 anos, que é Gerente de Turismo da Prefeitura Municipal de São Fidélis, ela nos informou que recentemente foi lançado o primeiro Guia de Trilhas do Brasil que inclui o Parque Estadual do Desengano. Baixe o guia das trilhas do desengano aqui.

O governo do Estado realizou um concurso onde 18 guardas de parque que foram aprovados no concurso passarão a atuar na Sede administrativa do Desengano. Além dos guardas, no parque também existe uma UPam (Unidade de polícia ambiental) da Polícia Militar que atua contra praticantes de crimes ambientais como: Caça, pesca irregular, desmatamento e outros.

turma
Alunos e instrutores do curso de condutores do parque

Uma das metas  para desenvolver e divulgar o parque, foi realização de um curso de condutores de visitantes do parque. Ao todo, foram 37 vagas e 60% dos alunos moram ao entorno do parque. O curso foi administrado pelo INEA com apoio da Prefeitura Municipal de São Fidélis, e o término do curso foi no dia 22 de dezembro, sendo que a formatura será realizada no dia 01 de fevereiro as 16 horas no Cine Teatro Jayme Coelho. Não há previsão de abertura de novas turmas em São Fidélis, os próximos cursos serão em Campos e Madalena porem a prioridade das inscrições, é de moradores das respectivas cidades.

A princípio os condutores formados pretendem criar uma cooperativa, mas com o conhecimento adquirido os mesmos podem e deverão ser de grande importância para o desenvolvimento turístico da cidade. Segundo um dos alunos a prefeitura ainda não apresentou nenhum projeto de exploração do parque onde os condutores fossem utilizados, mas as desengano-ciclistaspossibilidades são inúmeras, pois os mesmos podem ser parceiros de alguma iniciativa privada que deseje explorar o potencial turístico do lugar.

No momento o Parque encontra-se fechado para visitação pois durante o período de chuva, a administração do parque toma essa medida visando a segurança dos visitantes.

O parque já está sendo visitado por muitos fidelenses que formam grupos param percorrer as trilhas que são cada uma mais linda que a outra e também por ciclistas que com suas bikes percorrem o parque em busca de aventura!

 

 

Mais do SFn