quarta-feira , 28 outubro 2020
Nível chegou aos 2.55 nesta sexta, mas está longe da marca de transbordo

Paraíba do Sul sobe mais de 1 metro em São Fidélis, mas não preocupa

Fotos: Kariny Maia

Março começou com muita disponibilidade de ar quente e úmido sobre o Brasil, o que facilita a formação de nuvens carregadas e a ocorrência de pancadas de chuva. Muitas áreas da Região Sudeste devem ter chuva forte e volumosa na primeira quinzena de março. O aumento da chuva começa já na primeira semana do mês com o desenvolvimento de uma área de baixa pressão atmosférica no litoral do Rio de Janeiro e do Espírito Santo.

As fortes chuvas que atingem a Região Sudeste do Brasil, principalmente a região da Bacia do Rio Paraíba do Sul, estão provocando a sua elevação. Em São Fidélis, por exemplo, o Rio Paraíba subiu mais um metro em menos de 48 horas.

Na quarta-feira o Paraíba marcava um metro e trinta centímetros. Já na quinta, passou para um metro e oitenta centímetros. Na manhã desta sexta o nível estava em dois metros e cinquenta e cinco centímetros.

O nível está longe da marca de transbordo, que é de quatro metros e oitenta na Ipuca e cinco metros e vinte centímetros no Centro.

Mais do SFn