sexta-feira , 30 outubro 2020

Paduano inicia negociação para contar com goleiro Bruno na temporada 2017 Clube fez proposta ao representante do jogador e aguarda reunião para dar seguimento as negociações

Clube fez proposta ao representante do jogador e aguarda reunião para dar seguimento as negociações

Paduano quer contar com o goleiro ainda este ano

O paduano esporte clube pode ser a nova casa do goleiro Bruno. Preso desde 2010 pelo assassinato e ocultação de cadáver de Eliza Samudio e também pelo sequestro e cárcere privado do filho Bruninho, Bruno deixou a Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (Apac), em Santa Luzia, Região Metropolitana de Belo Horizonte, no último dia 24, após uma liminar do ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), que permite que o jogador recorra em liberdade da condenação de 22 anos e 3 meses.

Dias após a soltura, o advogado do jogador, Lúcio Adolfo, disse que o goleiro recebeu nove propostas de trabalho de nove clubes em várias cidades, sendo três do Rio de Janeiro, dois de São Paulo, um de Brasília, e três de Minas Gerais.

Foto: Bernardo Pombo e Luiz Cláudio Amaral

O Paduano, que este ano voltará às competições profissionais, entrou na briga e já pretende contar com o goleiro na disputa da série C do Campeonato Carioca, que começa no dia 02 de julho deste ano. De acordo com as informações obtidas pela redação do SF Notícias, O Paduano fez uma proposta ao advogado e representante do jogador, proposta esta que foi bem recebida pelo fato de Santo Antônio de Pádua estar longe das grandes cidades. 

Dirigentes do Paduano e o advogado do goleiro irão marcar uma reunião nos próximos dias para dar seguimento à negociação. Enquanto esteve preso, Bruno seguia fazendo treinamento na cadeia.

De volta às competições profissionais

Sem entrar em campo para disputar um campeonato profissional desde 2014 por problemas internos, o Paduano Esporte Clube voltará às competições profissionais neste ano, graças ao esforço que está sendo feito por uma nova equipe que vai gerir o esporte do clube.

Campeão da Série C do Carioca em 1987 e 2012, o clube acumulava dívidas, ações judiciais e interdições de suas dependências devido às condições precárias de uso, e por isso, estava afastado dos gramados desde 2014. Porém, o Paduano Esporte Clube está dando a volta por cima. O clube já regularizou a sua situação financeira junto a Federação de Futebol do Rio de Janeiro e está apto a participar da Série C deste ano.

Mais do SFn