Operação ‘Tanque Cheio’ fiscaliza postos de combustíveis em Bom Jardim e Nova Friburgo Auditores Fiscais da Receita Estadual buscaram indícios que comprovassem ou não as suspeitas de diversas irregularidades, como a compra e a venda de combustíveis sem documentação fiscal

Auditores Fiscais da Receita Estadual buscaram indícios que comprovassem ou não as suspeitas de diversas irregularidades, como a compra e a venda de combustíveis sem documentação fiscal

Fotos: divulgação

A Secretaria de Estado de Fazenda do Rio de Janeiro (Sefaz-RJ) realizou, na última segunda-feira (27/04), a operação ‘Tanque Cheio’. O objetivo da operação foi fiscalizar postos de combustíveis nas cidades de Nova Friburgo e Bom Jardim, na Região Serrana do Rio. Os Auditores Fiscais da Receita Estadual buscaram nos estabelecimentos indícios que comprovassem ou não as suspeitas de diversas irregularidades, como a compra e a venda de combustíveis sem documentação fiscal e não lançados no Livro de Movimentação de Combustíveis (LMC), além do uso de pontos de venda cadastrados no CNPJ de outros contribuintes.

A escolha dos postos vistoriados foi feita com base em informações do Centro de Monitoramento e Análise de Dados (CMAD) da Auditoria Fiscal Especializada (AFE) 14 (Barreiras Fiscais). “Esse levantamento mostrou movimentações suspeitas, como postos recebendo uma quantidade maior de combustível do que podem armazenar e grandes diferenças entre o volume de combustível comprado e vendido”, explicou o superintendente de Fiscalização da Sefaz-RJ, Rodrigo Aguieiras. A Operação Tanque Cheio é a 26ª realizada em 2020 pela Sefaz-RJ para combater a sonegação de impostos e orientar os contribuintes.

Mais do SFn