Operação Acalento: Polícia Civil prende instrutor de artes acusado de pedofilia em Campos

Na operação também foram presos três homens pelos crimes de tortura e associação para o tráfico de drogas

Três homens foram presos pelos crimes de tortura e associação para o tráfico de drogas pela equipe da 146ª Delegacia de Guarus durante a Operação Acalento, desencadeada na última sexta-feira (16/07), em Campos dos Goytacazes, Norte Fluminense. Na mesma ação, os policiais também cumpriram um mandado de prisão preventiva contra um acusado de pedofilia, que foi capturado no bairro Parque Calabouço. “O criminoso era instrutor de artes em uma escola da região e usou sua função para praticar crimes contra duas menores, de 9 e 11 anos” – informou a Polícia Civil.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

Segundo as investigações, três dos presos também são acusados de torturar uma adolescente na Comunidade da Aldeia. Na residência de um dos detidos foram encontrados um revólver, cinco munições, R$ 1.857,00, um celular, duas balanças de precisão, 168 pedras de crack e 69 pinos de cocaína. A Operação Acalento foi realizada em todo o Brasil e teve como objetivo reprimir crimes contra crianças. Os acusados foram encaminhados ao sistema prisional, onde ficarão à disposição da Justiça.

VEJA MAIS

VEJA MAIS