terça-feira , 27 outubro 2020
Banda 22 de Outubro percorreu ruas tocando o Hino de São Fidélis

No feriado do padroeiro, São Fidélis acorda ao som da tradicional alvorada

Moradores e visitantes acompanharam a Banda 22 de Outubro pelas ruas de São Fidélis na tradicional alvorada do Padroeiro, que aconteceu no começo da manhã desta quarta-feira (24/04), feriado no município em comemoração do dia de Fidélis de Sigmaringa. Em frente à Igreja Matriz a banda tocou “Parabéns pra Você”. Em seguida, saiu percorrendo as ruas ao som do Hino de São Fidélis (letra no final), que foi cantado por quem acompanhava a banda.

continua após o vídeo

Fidélis de Sigmaringa ou Fiel de Sigmaringa nasceu na cidade de Sigmaringa na Alemanha em 1577 em pleno século XVI, uma época de muita divergência religiosa na Europa, seu nome de batismo era Marcos Roy, foi um importante filósofo e advogado, mas seu chamado sacerdotal falou mais alto e entrou para a ordem franciscana. Quando se ingressa numa ordem religiosa, grande parte dos religiosos troca de nome, então Marcos Roy passou a ser chamado de Fidélis que significa Fiel.

Depois de uma Santa Missa, com cerca de 45 anos, teve o discernimento de que estava próxima sua partida. Fez uma oração de entrega a Deus e, logo em seguida, foi preso e levado por homens que queriam que ele renunciasse à fé. Se dedicou a pregar a doutrina católica e a combater as heresias contra a Igreja, até que um dia encontrou com um grupo de calvinistas que se recusaram a ouvir o Frei Fidélis e tentaram fazer que renunciasse a sua fé.

Fidélis deixou claro que não o faria, e que não temia a morte. Ajoelhou-se e rezou: “Meu Jesus, tende piedade de mim. Santa Maria, Mãe de Deus, assisti-me”.

wdbuweifopeRecebeu várias punhaladas e morreu ali, derramando seu sangue pela Verdade, por amor a Cristo e Sua Igreja. Fidélis morreu em 24/04/1622 na Suíça. Em 1746 (124 anos após sua morte) Frei Fidélis se tornou São Fidélis através do reconhecimento da Igreja, sendo colocado no rol dos santos católicos.

Nosso município tem o nome de seu padroeiro. Quando dois frades capuchinhos Frei Ângelo Maria de Lucca e Frei Victório de Cambiasca, ambos da mesma ordem de São Fidélis, chegaram à região onde hoje é nosso município, tiveram a preocupação de homenagear o colega de ordem colocando o nome da vila que fundavam de São Fidélis, num ato de homenagem aos seus feitos em honra e defesa da fé e do evangelho de Cristo Jesus.

Salve terra fidelense,
Joia rica do Brasil
Teu futuro nos pertence,
Serás sempre varonil!
Tua gente, sem fadiga,
Teu passado há de defender!

São Fidélis, terra amiga,
Nosso esforço tu hás de ter (Bis)

Salve! Salve! Linda terra feita de luz!
Glória! Glória! Tudo em ti prende e nos seduz! (Bis)

Na paisagem de beleza
Que te veste de esplendor,
A sublime natureza
Deu-te tudo! És um primor!
Nossos olhos sem canseira,
Fitam sempre tudo o que é teu!

São Fidélis, altaneira,
Lindo berço que Deus nos deu! (Bis)

Salve! Salve! Linda terra feita de luz!
Glória! Glória! Tudo em ti, prende e nos seduz. (Bis)

Mais do SFn