Natural de São Fidélis e querido na região, Pastor e professor Emoildes Alves Freitas morre em Campos O pastor atuou como professor e coordenador de Educação Física no Colégio Batista Fluminense, e presidiu a Associação Batista Centro Fluminense e a JUBACENF

O pastor atuou como professor e coordenador de Educação Física no Colégio Batista Fluminense, e presidiu a Associação Batista Centro Fluminense e a JUBACENF

Fotos: Reprodução/ redes sociais

A comunidade batista do Norte e Noroeste Fluminense perdeu um de seus grandes expoentes. Faleceu nesta quarta-feira (26/08) o pastor Emoildes Alves Freitas, natural de São Fidélis. A causa da morte não foi divulgada oficialmente, mas o pastor estaria com suspeita de Covid-19. “Depois de combater o bom combate por muitos anos, especialmente no âmbito da ABACENF (Associação Batista Centro Fluminense) recebeu o chamado do Senhor na tarde de hoje o fiel guerreiro Emoilde Alves Freitas. Presidiu com galhardia a JUBACENF e a ABACENF por muitos anos. Foi um exemplo de dignidade, ética, zelo e compaixão para todos nós” – publicou o Pr. Wellington. Segundo ele, o pastor Emoildes servia ao Senhor auxiliando na Igreja Batista em São José. (continua após a publicidade)

Além da atuação na ABACENF, o pastor fidelense foi professor do Colégio Batista, em Campos, tendo sido Coordenador de Educação Física na década de 1970. “Um grande amigo que certamente marcou as vidas daqueles que puderam conviver com ele. Grande foi sua atuação como instrutor da Banda Marcial que em menção honrosa, o Colégio dedicou seu nome: Banda Marcial Emoildes Alves Freitas. Ficam as recordações de um grande professor, amigo, conselheiro e muito amado pastor” – publicou o Colégio Batista em uma rede social. Em nota, a Convenção Batista Fluminense comunicou o falecimento do pastor, destacando sua contribuição no Colégio Batista Fluminense e JUNEDAS.

Mais do SFn