Natural de Cordeiro, chef de cozinha que participou do Festival EnChefs está entre os melhores do estado

Atualmente o chef mora em Campos. "Tenho como diferencial transformar pequenos produtos em grandes sabores e consequentemente em grandes pratos!" - destaca
Fotos: Arquivo pessoal

O sonho antigo se realizou e hoje é motivo de muita felicidade para Jorge Mayconn Machado, ou melhor, Chef Jorge Mayconn. Nascido e criado em Cordeiro, na Região Serrana do Rio, o chef, que cursou gastronomia pela escola superior de gastronomia vinculada a Cândido Mendes e reside em Campos, participou em setembro do Festival EnChefs, em Nova Iguaçu. O evento reuniu chefs de todo o Brasil e Jorge Mayconn ficou entre os 25 melhores do estado do Rio. “Sempre foi sonho de infância ser cozinheiro, chef foi consequência. Desde cedo sempre vi minha avó, mãe e tias na cozinha, tentava de alguma forma está perto, o sinal de que era na cozinha que eu queria estar foi quando ajudei a minha mãe e avó com o buffet de um casamento, cansativo, trabalhoso, mas no final foi satisfatório demais” – relatou ao SF Notícias.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

O chef cordeirense conta que trabalhou na cozinha do Hotel Fazenda Gamela e lá conheceu um chef que lhe abriu algumas portas, confiou e acreditou em seu trabalho. “Me levou pro Rio para o Restaurante Eça, onde aprendi muito, mas não durou muito tempo pela distância e pelo meu namoro que também era longe. Sou de Cordeiro e a ida para o Rio e às vezes para Campos dos Goytacazes era bastante cansativa” – conta.

Sobre a participação no Festival, o chef afirma que foi uma experiência sensacional. “A troca de conhecimentos, a energia, as pessoas e principalmente o aprendizado. Teve chefs de vários cantos do estado e do Brasil, produtos que até então eu desconhecia, processos de cocção e uma disputa bem amistosa. Hoje existe até um grupo no WhatsApp com os chefs concorrentes pra gente ainda poder manter o contato” – disse. Na disputa o cordeirense relata que pecou em alguns detalhes, que foram bem cruciais e ele não conseguiu chegar ao desejado. “Fiz um prato mais afetivo do que temático e isso foi um ponto que atrapalhou” – relata.

Além do prazer ao paladar de quem degustas os pratos preparados por ele, o chef frisa que busca sempre trazer lembranças afetivas aos pratos. “Sabores que lembram sua infância, sua casa, sabores que agradem o paladar e o coração. Tenho como diferencial transformar pequenos produtos em grandes sabores e consequentemente em grandes pratos!” – concluiu. Atualmente Jorge Mayconn é o chef de cozinha em um restaurante especializado em frutos do mar em Campos.

VEJA MAIS

VEJA MAIS