Natural de Cordeiro, chef de cozinha fica entre os três melhores no Festival EnChefs

O Chef Jorge Mayconn se destacou novamente no festival. Ele é chef de cozinha em um restaurante especializado em frutos do mar em Campos

Nascido e criado em Cordeiro, na Região Serrana do Rio, o chef Jorge Mayconn, que cursou gastronomia pela escola superior de gastronomia vinculada a Cândido Mendes e reside em Campos, participou neste mês do Festival EnChefs. O Chef cordeirense Jorge Mayconn se destacou novamente no festival. Sua receita foi selecionada entre as 25 para a semifinal. “Dessa vez foi mais difícil, o nível bem mais alto do que no anterior, chefs mais qualificados e mais preparados, mas eu estava mais tranquilo” – relatou o chef ao SF Notícias.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

Fotos: Divulgação

Para o Chef, ter a receita entre as 25 selecionadas para a semifinal já era de grande importância. “Afinal são as 25 melhores entre várias inscritas e conseguir agradar a banca de jurados com algo novo e surpreendente, para ficar entre os finalistas pra mim foi fantástico” – disse. E a receita que conquistou os jurados e garantiu a vaga na semifinal foi um ‘Surf and Sard Carioca’, um tartar de mix de camarão com espuma de feijoada. “O EnChefs tinha como tema, os sabores e saberes do Rio, eu usei a ideia de poder usar várias espécies de camarão que são pescados em vários cantos do estado e junto dele uma espuma de feijoada, que não tem nada mais carioca que a feijoada. Minha ideia era trazer vários sabores do Rio em um prato só e acredito que consegui, surpreender a todos com essa combinação inusitada” – conta.

Já o prato da final foi “uma caixa surpresa”, onde os Chefs não sabiam o que iriam cozinhar até a hora da prova. “Tínhamos nessa caixa, canjiquinha amarela, banana nanica, quiabo, pimentões coloridos, cebola, tomate, alho, ovo e como proteína principal o peito de frango. Nesse prato eu levei toda a minha gastronomia e história nela, fiz uma canjiquinha com a gordura do frango, o frango grelhado na cebola e mel, um purê de banana, vinagrete de tomate seco com quiabo e por fim um ovo frito com gema mole. Levei nesse prato todo o carinho e ensinamos que aprendi no fogão de casa com minha avó, potência e sabores de família com um pouco mais de técnicas e sofisticação, dei o nome de Canjica da Bebel em homenagem a minha avó!” – relata o Chef cordeirense.

O Chef agradeceu aos amigos que o ajudaram a ir participar do Festival, como o Juarez da Dígitos Campos, o Anderson da Filme e Cia e ao Thiago Romito. “E principalmente a minha esposa Yara que tá sempre acreditando e correndo atrás comigo!” – disse. Jorge Mayconn segue como chef de cozinha em um restaurante especializado em frutos do mar em Campos dos Goytacazes.

VEJA MAIS

VEJA MAIS