quarta-feira , 28 outubro 2020

MP suspende Young Flu e Força Jovem do Vasco por um ano dos estádios

maracanã 2
Fotos: Vinnicius Cremonez

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) obteve junto ao Juizado do Torcedor e Grandes Eventos, nesta sexta-feira (06/03), a suspensão da Torcida Organizada Young Flu e da a Torcida Organizada Força Jovem do Vasco dos estádios. A decisão do juiz Marcello Rubioli determina o afastamento por um ano dos locais em que se realizem eventos esportivos, em todo território nacional, sob pena de multa de R$ 20 mil por integrante identificado e/ou por evento. A decisão teve por base ação civil pública proposta pela promotora de Justiça Glicia Pessanha Crispim, em auxílio à 4ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Defesa do Consumidor e do Contribuinte da Capital, e por uma petição, nos autos do processo nº 0430046-45.2013.8.19.0001.

O juiz também determinou a penhora dos bens móveis da sede da Força Jovem Vasco para o pagamento de multa requerida pelo MP no valor de R$ 301 mil pelo descumprimento da decisão liminar anterior. Tanto a ACP quanto a petição decorrem de fatos divulgados pela mídia esportiva, ocorridos momentos antes da partida entre Fluminense e Vasco da Gama, realizada no Estádio do Engenhão, pela 6ª rodada do Campeonato Carioca de 2015, no dia 22 de fevereiro.

A decisão cita os dois conflitos expostos no requerimento da promotoria: o primeiro ocorreu contra a Young Flu e o segundo contra policiais do GEPE, quando integrantes da Força Jovem do Vasco – pertencentes ao grupo de “oposição” à diretoria atual da mesma torcida – tentaram invadir o espaço destinado a esse grupo, denominado “situação”, o qual era protegido pelo grupamento policial visando à prevenção de confrontos.

Para o MPRJ, é evidente a afronta pelas torcidas rés às normas do Estatuto do Torcedor na prática de atos de violência e de confusão.

fluminense

Mais do SFn