quinta-feira , 24 setembro 2020

MP denuncia PM de Itaboraí e outros quatro homens por associação para o tráfico de drogas em São Fidélis De acordo com a denúncia, após adquirir os entorpecentes no Rio, o PM transportava a droga até São Fidélis, onde se reunia com outros traficantes. As investigações foram feitas pela Polícia Civil em 2015, mas só agora a Justiça aceitou a denúncia

De acordo com a denúncia, após adquirir os entorpecentes no Rio, o PM transportava a droga até São Fidélis, onde se reunia com outros traficantes. As investigações foram feitas pela Polícia Civil em 2015, mas só agora a Justiça aceitou a denúncia

Fotos: SF Notícias

Um policial militar de Itaboraí e lotado no 12º BPM de Niterói, e outros quatro homens foram denunciados pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro pelo crime de associação para o tráfico de drogas. De acordo com a denúncia, o grupo atuava no tráfico de drogas em São Fidélis, no Norte Fluminense. As investigações foram feitas pelo setor de inteligência da 141ª Delegacia Legal de São Fidélis, que na época, era coordenada pelo delegado Dr. Rodrigo Maia. Nelas, a polícia usou interceptações telefônicas autorizadas pela justiça onde há conversas entre os envolvidos com clara tratativa do comércio de entorpecentes, além de elementos coligidos de outros procedimentos policiais. Ainda de acordo com a denúncia recebida pela Justiça, após adquirir os entorpecentes no Rio de Janeiro, o policial militar transportava a droga até São Fidélis, onde se reunia com outros denunciados, que são moradores do município. Segundo o Ministério Público, o lucro era repartido entre eles e os fornecedores do PM, os quais estipulavam valores mínimos a serem pagos. (continua após a publicidade)

Segundo informações dos autos, o PM e os outros denunciados estariam de alguma forma ligados a um conhecido traficante, preso em operação desencadeada pelo Grupo de Apoio aos Promotores de Justiça (GAP/MPRJ) de Campos dos Goytacazes, em 2014, ocasião na qual farta quantidade de drogas foi apreendida. A denúncia foi recebida pelo Juízo da 2ª Vara Criminal de São Fidélis. As investigações são de 2015, mas só agora a Justiça aceitou a denúncia. Na época, a polícia chegou a pedir a prisão dos envolvidos, mas o pedido foi indeferido pela Justiça. O SF Notícias entrou em contato com a Polícia Militar e aguarda um posicionamento da instituição sobre o envolvimento do PM com o tráfico de drogas.

Mais do SFn