Morador de rua é morto com tiro na testa em Praça de Itaocara; irmãos são presos

Um dos suspeitos foi preso em casa e o outro em um bar. Segundo a PM, para um deles havia um mandado de prisão em aberto por furto

Um homem identificado como Erivan Soares dos Santos, de 50 anos, que vivia em situação de rua em Itaocara, no Noroeste Fluminense, foi assassinado com um tiro na testa na noite de sábado (17/07). Conhecido pelos moradores de Itaocara como “Paraíba”, a vítima é natural do Rio de Janeiro. Erivan foi assassinado no coreto da Praça Coronel Guimarães, que fica em frente à Igreja Matriz de São José de Leonissa. Uma equipe do Corpo de Bombeiros chegou a ser acionada, mas quando os militares chegaram a vítima já estava sem vida. O crime, que chocou os moradores de Itaocara, teria sido praticado por homens, que são irmãos.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

Segundo informações do 36º Batalhão de Polícia Militar, quando os policiais chegaram ao local encontraram um dos suspeitos saindo em uma moto com uma arma em mãos. Ele tentou fugir em direção à sua residência, que fica no Morro Bela Vista, mas acabou sendo preso. Na casa foi encontrado um rifle de calibre 22 com um cartucho deflagrado e uma munição intacta. No bolso da bermuda do suspeito os PMs encontraram uma munição intacta e outra deflagrada de mesmo calibre. Ainda no imóvel os policiais localizaram, sob uma cama, um pote plástico com 181 munições intactas e uma deflagrada de calibre 22.

Já o outro suspeito foi encontrado em um bar no bairro Cidade Nova. Ambos foram levados para a delegacia de Itaocara, mas o caso foi registrado na 136ª DP de Pádua, central de flagrantes do final de semana, onde ambos foram autuados por homicídio. Na delegacia os policiais descobriram que havia um mandado de prisão em aberto para o segundo preso por furto.

VEJA MAIS

VEJA MAIS