A polícia confirmou que havia um homem tirando fotos, mas disse que muitas das histórias que surgiram são boatos

Mensagens de que homem estaria tirando fotos de crianças em Macuco preocupam moradores

DPO de Macuco recebe várias denúncias

Moradores de Macuco estão preocupados com uma informação que começou a circular há uma semana no município com um pouco mais de 5 mil habitantes. Mensagens em grupos de WhatsApp e publicações em Facebook relatam que um homem – ou até mais pessoas – estaria tirando fotos de crianças, principalmente na porta de uma escola. Para as polícias civil e militar, muitas das histórias que estão surgindo em Macuco e municípios vizinhos são boatos.

Em algumas mensagens, moradores dizem que essas pessoas fazem parte de uma quadrilha de tráfico de crianças. Como uma bola de neve, as histórias foram crescendo e se espalhando. Novos comentários foram surgindo, de que seriam dois ou três homens, de que eles estariam em carro modelo Gol ou em uma van, mas nenhum deles foi comprovado até o momento.

Ao SF Notícias, o delegado titular da 154ª Delegacia Legal de Cordeiro, que também responde por Macuco, informou que havia um homem tirando fotos de pessoas no município, mas segundo Robson Pizzo, tirar fotos na rua não é crime. Pode em tese configurar ofensa ao direito de imagem, onde caberia indenização.

Um homem chegou a ser detido após moradores terem acionado o Destacamento de Policiamento Ostensivo (DPO). Ele relatou que estava vendendo quadros, poltronas e outras mercadorias quando uma aluna passou por ele, olhando os produtos. Ele disse que por estar com o celular na mão, a menina questionou se ele estava tirando fotos dela. Tudo teria surgido a partir deste ocorrido e a preocupação tomou conta dos moradores, principalmente dos pais de estudantes.

Na delegacia algumas crianças acompanhadas dos pais disseram reconhecê-lo como sendo o homem que estava tirando fotos, mas como nada de irregular foi constatado, ele foi liberado. A polícia pede para que a população continue denunciando em caso de pessoas com atitudes suspeitas ou veículos, pois a mesma estará pronta para averiguar se há crime.

Mais do SFn