quinta-feira , 24 setembro 2020

Mais dois moradores de Itaperuna vencem a Covid-19 e recebem alta; município registra mais de 2 mil recuperados Moradores receberam alta do Centro de Referenciamento Covid-19, que é destinado a pacientes com coronavírus encaminhados por outras unidades de saúde

Moradores receberam alta do Centro de Referenciamento Covid-19, que é destinado a pacientes com coronavírus encaminhados por outras unidades de saúde

Foto: Divulgação/ Prefeitura de Itaperuna

Apesar do elevado número de casos confirmados do novo coronavírus, o município de Itaperuna, no Noroeste Fluminense, também registra um alto número de pacientes recuperados da doença. Segundo o boletim publicado pela Prefeitura na noite desta segunda (10), dos 2.295 casos confirmados, 2.001 pacientes já se recuperaram da doença. Ainda nesta segunda, mais dois pacientes venceram a luta contra o coronavírus e receberam alta do Centro de Referenciamento Covid-19, que é destinado a pacientes com coronavírus encaminhados por outras unidades de saúde – UPA e PU. “Com imensa alegria, anunciamos que mais dois moradores de Itaperuna venceram a luta contra a Covid-19 e receberam alta do nosso Centro de Referenciamento. Parabéns pela vitória! Nosso time de campeões está aumentando a cada dia! Parabéns a todos que estão na linha de frente combatendo o novo coronavírus” – publicou a prefeitura. (continua após a publicidade)

Nesta terça (11), a Secretaria Municipal de Saúde, através do Setor de Vigilância Epidemiológica, esclareceu que embora o número total de “positivos” tenha subido (2.295 hoje, contra 2.045, na sexta-feira – um aumento de 250 casos), não significa que todos ocorreram nessa última semana. A maioria foi de casos ocorridos em março, abril e maio e que foram encerrados no sistema nesse último final de semana. “Alguns dos números lançados são relativos a mais de um mês e não apenas à semana em curso ou à anterior, pois as notificações são diluídas durante as “semanas epidemiológicas”, que tiveram início em 11 de março de 2020” – explica a pasta. Ainda segundo a secretaria, por uma questão de logística as altas no sistema de grande parte dos notificados positivos para a Covid-19 são dadas sempre durante os finais de semana, quando os técnicos envolvidos diariamente em tarefas como a inserção das notificações e demais questões de serviço (investigação de outras doenças ainda “ativas”, declarações de nascimentos e notificações de óbitos sem relação direta com a Covid-19) dispõem de mais tempo para avaliar corretamente cada caso. “Por isso é sempre às segundas-feiras que se verificam as mudanças mais significativas nos índices de casos” – informou.

Mais do SFn