quarta-feira , 21 outubro 2020
Todas as crianças de um ano a menores de cinco devem se vacinar, independente da situação vacinal

Mais de 800 mil crianças devem ser vacinadas contra o sarampo e a pólio em todo o estado

Foto: Lucas Silva/Semcom

O Estado do Rio participa, até o dia 31 deste mês, da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo e a Poliomielite. Todas as crianças de um ano a menores de cinco devem se vacinar, independente da situação vacinal. A expectativa é imunizar até 812 mil crianças em todo o estado.

Segundo a Secretaria de Estado de Saúde, os municípios receberam um milhão de doses de vacinas contra o sarampo e mais um milhão contra a poliomielite. No dia 18, será realizado o Dia D de vacinação, onde todos os postos de saúde estarão funcionando.

A recomendação do Ministério da Saúde é que para a poliomielite, as crianças que não tomaram nenhuma dose durante a vida receberão a vacina VIP (Vacina Inativada Poliomielite). Os menores de cinco anos que já tiverem tomado uma ou mais doses da vacina, receberão a VOP (Vacina Oral Poliomielite), a gotinha.

Sobre o sarampo, todas as crianças receberão uma dose da vacina Tríplice viral, que protege contra sarampo, rubéola e caxumba, independente da situação vacinal, desde que não tenham sido vacinadas nos últimos trinta dias.

Poliomielite 

A vacina contra a poliomielite é segura e protege contra os três sorotipos do poliovírus: 1, 2 e 3. A vacina não tem contraindicações e é recomendada, até mesmo, para as crianças que estejam com tosse, gripe, coriza, rinite ou diarreia.

Sarampo

Este ano, 14 casos de sarampo foram confirmados no Estado. A proteção contra o sarampo faz parte das vacinas Tríplice Viral e Tetra Viral, disponíveis conforme calendário de vacinação do Ministério da Saúde para crianças entre 12 e 15 meses.

Devem ser vacinadas as crianças a partir de um ano e adultos de até 49 anos que não tenham sido imunizados. Aqueles que tomaram as duas doses da vacina não precisam tomar nova dose.

Mais do SFn