Laudo aponta causa de acidente que deixou quatro policiais mortos em São Fidélis

acidente viatura 1
Fotos: Vinnicius Cremonez

Foi concluído o laudo que aponta as causas do acidente envolvendo uma viatura do Grupamento de Ações Táticas da 4º Companhia de Polícia Militar de São Fidélis e um micro-ônibus da Secretaria Municipal de Saúde ocorrido no dia 31 de agosto desde ano. Na ocasião, o coletivo estava transportando acidente viatura pm 3estudantes para faculdade de Campos. O SF Notícias obteve com exclusividade o resultado do laudo junto a Polícia Civil de São Fidélis.

Segundo o laudo pericial, a pista molhada provocou o acidente. O motorista da viatura perdeu o controle do veículo na curva, rodou na pista e bateu no micro-ônibus. Os peritos não encontraram marcas de frenagem na rodovia. O laudo também diz que os pneus da viatura estavam bons.

Ainda de acordo com o laudo, o velocímetro da viatura parou em 80 km, mas não foi possível detectar se essa era a velocidade do carro no momento da colisão. Já o velocímetro do micro-ônibus ficou danificado com o impacto da batida.

O acidente

Quatro pessoas morreram e outras 18 ficaram feridas em um grave acidente envolvendo uma viatura da Polícia Militar e um micro-ônibus. A colisão aconteceu no km 125 da RJ-158, entre São Fidélis e Campos, em uma curva próximo ao cemitério do município. Na viatura estavam os sargentos Rodrigo Bragança Gaudard, de 35 anos, Rafael Franco Cortes, de 36 anos, e Luiz Henrique Maia Lugão Rodrigues, de 34 anos, e o soldado Júlio César Rosa dos Santos, de 29 anos. Todos morreram na hora.

policiais mortos em acidenteO coletivo pertence à Secretaria Municipal de Saúde do município, mas estava transportando estudantes para faculdades em Campos. Segundo informações da Polícia Rodoviária Estadual, 18 pessoas que estavam no micro-ônibus ficaram feridas, sendo 16 estudantes, um professor e o motorista, identificado como João.

Eles foram socorridos pelas ambulâncias do Corpo de Bombeiros e viaturas da Central de Ambulâncias, e levados para o Hospital Armando Vidal. Quatro pessoas foram transferidos para o Hospital Ferreira Machado. Os corpos foram removidos pelo rabecão do Corpo de Bombeiros e levados para o Instituto Médico Legal (IML), em Campos.

enterro policiais 78

VEJA MAIS

VEJA MAIS