Jorge Picciani, ex-presidente da Alerj, morre aos 66 anos

Ele estava internado em um hospital em São Paulo, onde fazia um tratamento de câncer

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Morreu nesta sexta-feira (14/05) o ex-deputado estadual Jorge Picciani, aos 66 anos. Ele estava internado desde o dia 08 de abril em um hospital em São Paulo, onde fazia um tratamento de câncer na bexiga. Ele estava em tratamento desde 2017. A morte foi confirmada por Leonardo Picciani, filho mais velho do ex-parlamentar. Ele deixa cinco filhos e a esposa.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

Como deputado, Picciani foi presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). Picciani foi deputado por seis mandatos, sendo em quatro deles, entre 2003 e 2010, presidente da Alerj, e reassumiu o cargo entre 2015 e 2017. O atual presidente da Alerj, André Ceciliano (PT) ofereceu o Salão Presidente Vargas, do Palácio Tiradentes, para a realização do velório do ex-presidente da casa.

VEJA MAIS

Anvisa determina recolhimento de lotes interditados da vacina CoronaVac

Mais de 12 milhões de doses foram envasados em fábrica não autorizada pela Agência e tinham sido interditadas no início do mês. É importante ressaltar que a CoronaVac permanece autorizada no país e possui relação benefício-risco favorável ao seu uso no Brasil

VEJA MAIS