Jogos de cassino: conheça os melhores para se divertir

Você sabia que os cassinos no Brasil já foram legais? Possivelmente apenas seus avôs – talvez seus pais - viveram no país com eles abertos, já que a proibição foi assinada 75 anos atrás

Se você já visitou Las Vegas, assistiu a trilogia dirigida por Todd Phillips “Se Beber, Não Case” ou qualquer outro filme ou produto audiovisual que teve filmagens na cidade do estado de Nevada, nos Estados Unidos, sabe o peso e importância que os cassinos têm na “cidade do pecado”. É quase que obrigatório um turista entrar e fazer uma brincadeirinha em algum centro de lazer.

Jogos em roletas (americana, francesa ou europeia), bingo (cartela completa ou linha), máquinas caça-níqueis, blackjack (nosso popular “21”), poker – Hold’Em, Omaha entre outras modalidades -, video-poker. Se você já brincou com algo citado acima e gostou, certamente passaria bons momentos se divertindo em cassinos físicos ou online.

Cassino físico é uma possibilidade no Brasil?

Você sabia que os cassinos no Brasil já foram legais? Possivelmente apenas seus avôs – talvez seus pais – viveram no país com eles abertos, já que a proibição foi assinada 75 anos atrás, pelo então presidente Eurico Gaspar Dutra, muito impactado pelo lobby pesado da Igreja Católica e de sua esposa, Carmela Teles Leite Dutra. A justificativa dada foi de que “jogos de azar” degradam o ser humano.

Perto de “comemorar” 76 anos, o decreto-lei – assinado no dia 30 de abril daquele ano – vigente na constituição brasileira considera a exploração de jogos de azar – como cassinos e máquinas caça-níquel – uma contravenção no território nacional.

Levando em consideração as próprias palavras citadas, a Lei de Contravenções Penais não considera o “jogador” como um perigo para a sociedade. Tanto que a previsão de pena para este caso é de prisão simples, de três meses a um ano além do pagamento de uma multa.

Mas o Brasil deu passos para frente na tentativa de derrubar o veto e liberar o jogo. A Câmara dos Deputados, presidida por Arthur Lira (PP-AL) aprovou – no último dia 24 de fevereiro – por 246 votos a 202, o texto-base que legaliza diversas modalidades de apostas em território nacional.

O próximo passo será debatido no Senado, onde o texto vai ser votado. Contudo, o assunto ainda não tem data para ser colocado em pauta e deve ficar alguns momentos longe do holofote. Segundo o presidente da casa, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), a proposta vai passar por algumas comissões antes de chegar ao plenário para a decisão de todos os senadores.

Como funcionariam os cassinos em terras tupiniquins?

A proposta obriga que todos os centros funcionem dentro de resorts com pelo menos 100 quartos de hotel de alto padrão, locais para reuniões e eventos, restaurantes, bares e centros de compras.

O espaço ainda deverá ter no máximo 20% da área total do complexo. Dentro da propriedade, o centro poderá oferecer jogos eletrônicos, de roleta, cartas e outras autorizadas pelos órgãos responsáveis.

Apenas um local teria “rivais” em curto espaço

Poucos lugares no Brasil têm muitos times de entrada nacional e a analogia acima serve para explicar os poucos locais que vão permitir a instalação de casas de lazer. A proposta que passou no Congresso impede que centros de jogos sejam construídos perto.

Nela, apenas estados com população superior aos 25 milhões de habitantes podem “sediar” três casas (apenas São Paulo cumpre o requisito, segundo dados recolhidos pelo IBGE em 2021).

Estados com mais de 15 milhões e menos de 25 milhões de pessoas poderão ter dois locais (somente Minas Gerais e Rio de Janeiro estão nesta faixa de habitação).

No caso de população de até 15 milhões – todos os outros estados mais Distrito Federal – apenas um local poderá ser aberto com a finalidade de cultivar os jogos de azar.

Turismo pode fazer cidades “explodirem” no ranking

Embora a proposta impeça a grande maioria de estados de ter mais de um cassino, uma exceção foi aberta e pode transformar um estado do Brasil na verdadeira “casa do jogo”.

Isso pode acontecer uma vez que o projeto deixa em aberto a possibilidade de cidades consideradas como destinos turísticos abrirem centros independentes de sua densidade populacional e nem o estado – podendo, por exemplo, fazer qualquer Unidade Federativa com menos de 15 milhões de habitantes superar o número de casas de São Paulo.

Um cassino turístico só não vai poder estar localizado em um raio inferior a 100 quilômetros de distância de outro complexo com a mesma finalidade.

Como jogar em cassino online?

Enquanto você ainda não pode jogar fisicamente, é possível aproveitar o melhor do jogo online de cassino. Diversas opções estão disponíveis aos brasileiros e com muita versatilidade. Jogos de roleta, caça-níqueis, cartas, cassino ao vivo e muito mais.

Após selecionar a casa que você mais se identificou, basta seguir as instruções e preencher os dados como um cadastro em qualquer instituição que certamente você já fez em algum comércio presencial ou online. Lembrando que para entrar em qualquer jogo online é preciso ter uma conexão com a Internet, seja no smartphone ou no computador de mesa/notebook, além disso, é importante ter em mente que o cassino online é um jogo para maiores de 18 anos.

Outro ponto importante, é que o usuário deve ter em mente o que significa fazer parte do universo de jogos de cartas online. Video-poker ou qualquer outra opção são atrativas e podem oferecer bons agrados como os bônus de boas vindas ou rodadas grátis, mas lembre-se de que o seu dinheiro real estará em jogo, então não basta apenas ter a melhor mão na partida. É necessário estar atento aos termos e regulamentos da casa onde você se cadastrou.

VEJA MAIS

VEJA MAIS