terça-feira , 27 outubro 2020

Italvense conquista 5º lugar em corrida no Deserto do Atacama

Fotos: Reprodução Facebook / Fonte: Terceira Via
Fotos: Reprodução Facebook / Fonte: Terceira Via

O italvense Jomar Monzato, de 35 anos, conquistou o quinto lugar no Mountain Do Deserto do Atacama, no Chile, vencendo o deserto mais alto e árido do mundo. Foram 42 km de extensão em 3h46. A competição internacional, que aconteceu no último dia 7 de dezembro, contou com 180 participantes.

Durante o percurso, ele passou por áreas de chão batido, além das desafiadoras dunas de areia. “A prova é desafiadora porque o clima é muito louco. O dia é quente e a temperatura chega a 40ºC. Já a noite é fria e no mês de dezembro chega a 5ºC. Quando completei a prova estava seco, muito diferente do que acontece em provas no Brasil em que a gente transpira muito. A umidade do ar é quase zero.”, disse.

Jomar contou que começou a praticar esportes há cinco anos, quando foi morar e trabalhar em Rio das Ostras. Lá, ele conheceu o Projeto Escola do Mar, onde o instrutor de natação, Anísio Santos, percebeu a aptidão de Jomar pela corrida.

“Meu instrutor praticava ironman e me chamava para treinar com ele. Fui gostando e passei a trilhar meus caminhos. Sou de aceitar novos desafios e a disputa no Chile não foi diferente”, disse acrescentando que o instrutor Anísio e mais dois amigos de Rio das Ostras também participaram da competição. O ironman é uma modalidade de triathlon de longas distâncias compreendendo aproximadamente 3,8 km de natação, 180 km de ciclismo e 42,195 km de corrida

O Mountain do Deserto do Atacama foi promovido por uma empresa brasileira.

Mais do SFn