Italva volta a sofrer com a cheia do Rio Muriaé, que inunda ruas pela 3ª vez neste ano

O rio ultrapassou a cota de transbordo na noite de ontem, quando chegou a 4,23 metros, e continuou subindo ao longo da madrugada desta quinta (10)

Imagens: Italva em Foco

Municípios das regiões Norte e Noroeste Fluminense voltam a sofrer com fortes chuvas e cheias de rios, valões e ribeirões. É o caso de Italva, que enfrenta pela 3ª vez neste ano uma nova cheia do Rio Muriaé. O rio voltou a sair de sua calha no município na noite desta quarta-feira (09), ultrapassando a cota de transbordo por volta das 20h, quando chegou a 4,23 metros. Ainda na noite de ontem, segundo o portal Italva em Foco, ruas começaram a ser inundadas.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

Ao longo da madrugada o Rio Muriaé continuou subindo em Italva e nesta manhã chegou a 4,58 m, 38 cm acima da cota de transbordo, segundo a última medição divulgada pela Prefeitura às 8h. Há pontos de alagamentos em algumas ruas, como no Parque Industrial. Ainda segundo o portal Italva em Foco, há seis desabrigados e três desalojados até o momento.

Segundo a Prefeitura, a equipe de emergência já está em posição. São sete equipes com equipamentos, donativos e todo suporte necessário para auxílio a quem possa precisar. A Estratégia tem como ponto de comando a sede da Defesa Civil (altos da rodoviária) e o objetivo inicial das ações estão voltadas para São Pedro Paraíso, que geralmente é a primeira localidade a ser atingida. Em caso de urgência a população deve ligar para 193 (Bombeiros), 199 (Defesa Civil) ou 99911-5177.

VEJA MAIS

VEJA MAIS