Inverno começa nesta terça: Climatempo prevê pouca chuva, ondas de frio e geada

A previsão da Climatempo é de que uma onda de frio passe pelo país na virada entre os meses de junho e julho. Outras duas ondas de frio devem avançar sobre o país em julho

Imagens: Evando Oliveira

A estação mais fria do ano começa oficialmente nesta terça-feira (21/06). Às 6h14 daremos até logo ao outono e boas-vindas ao inverno. Uma das principais características do inverno na região Sudeste do Brasil é o predomínio de dias secos e ensolarados. As médias de precipitação são baixas ao longo da estação em toda a Região. Os maiores volumes médios de chuva variam de 80 a 100 mm, apenas em setembro, em algumas áreas dos estados de São Paulo e do Rio de Janeiro.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

Segundo a Climatempo, o inverno de 2022 deve ser marcado por poucas precipitações sobre a Região Sudeste do Brasil. A maioria das frentes frias vai conseguir espalhar ar úmido só sobre regiões e estados próximos ao mar. Em agosto, o litoral norte do Rio de Janeiro, o litoral do Espírito Santo, e a região do vale do Jequitinhonha, em Minas Gerais, também podem ter um pouco mais de chuva do que a média.

Frio
Ainda segundo a Climatempo, ao longo do inverno de 2022, muitas frentes frias vão avançar pela costa do Sul e Sudeste do Brasil. Algumas poderão alcançar até mesmo o litoral leste do Nordeste. Mas apenas algumas destas frentes frias trarão massas de ar frio de origem polar, fortes e duradouras, que serão caracterizadas como ondas de frio. A previsão da Climatempo é de que uma onda de frio passe pelo país na virada entre os meses de junho e julho. Outras duas ondas de frio devem avançar sobre o país ao longo do mês de julho: a primeira ainda dentro da primeira quinzena de julho e a segunda no final do mês.

Durante o mês de agosto, ainda há expectativa de pelo menos uma massa de ar frio de origem polar com forte intensidade, suficiente para provocar condições para geada na Região Sul e até em áreas do Sudeste. A chance de ondas de frio em setembro é muito baixa. O destaque para setembro será a rápida elevação de temperatura com previsão de onda de calor na segunda quinzena do mês.

Geada
O maior risco de geada na região Sudeste do Brasil é durante o mês de julho. O fenômeno poderá ser observado em várias áreas do estado de São Paulo e também no Sul de Minas. Em julho, não se descarta um novo episódio de geada em áreas do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba. A região serrana do Rio de Janeiro também poderá registrar algumas geada em julho. No mês de agosto, embora a possibilidade de geada já seja bem menor do que em julho, há possibilidade de ocorrência em áreas do Sul de Minas e na divisa de São Paulo com o Paraná.

VEJA MAIS

VEJA MAIS