Hospital Armando Vidal recebe cateter de alto fluxo, que auxilia a reduzir os casos de intubação

De acordo com o diretor da unidade hospitalar, Filipe Mocaiber, o equipamento pode alcançar fluxos de até 60 litros de oxigênio por minuto

O Hospital Armando Vidal, em São Fidélis, no Norte Fluminense, onde funciona o Centro de Combate ao Coronavírus conta agora com um equipamento relativamente simples, mas de grande importância para Terapia Intensiva, principalmente para pacientes com Covid-19. O cateter nasal de alto fluxo auxilia a reduzir os casos de intubação durante o tratamento de pacientes com casos mais graves da doença. De acordo com o diretor da unidade hospitalar, Filipe Mocaiber, o equipamento pode alcançar fluxos de até 60 litros por minuto, enquanto os catéteres convencionais ofertam fluxo de aproximadamente 15 litros de oxigênio por minuto.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

“É algo que dá uma assistência muito interessante, então buscamos essa tecnologia para disponibilizar para os pacientes. Vai estar disponível principalmente para os pacientes de Covid, mas também aos outros pacientes que necessitarem” – destacou o diretor do hospital. Nas redes sociais, a unidade hospitalar frisou que é uma alternativa eficiente e não invasiva, reduzindo a necessidade de intubação.

VEJA MAIS

VEJA MAIS