Município de São Francisco, no litoral Norte Fluminense, segue em estágio de alerta; tempo permanece chuvoso até o fim de semana

Fortes chuvas deixam famílias desalojadas na Praia de Santa Clara; Prefeitura estuda decretar estado de emergência

Fotos: Prefeitura de SFI

O município de São Francisco de Itabapoana, no litoral do Norte Fluminense, segue em estágio de alerta por conta das fortes chuvas, que provocaram diversos transtornos, principalmente na Praia de Santa Clara. Nesta quarta (20) equipes do Gabinete, incluindo a prefeita Francimara Azeredo, da Secretaria de Meio Ambiente, Defesa Civil, Secretaria de Obras, Serviços Públicos e Urbanismo e Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Humano visitaram a localidade, além da Lagoa dos Paus e Batelão, para avaliar a situação. Técnicas do CRAS da Ilha dos Mineiros, na Praia de Guaxindiba, fizeram o acolhimento das famílias necessitadas, além da entrega de mantimentos, colchonetes, travesseiros e toalhas de banho. Ao todo, duas famílias ficaram desalojadas em Santa Clara, e foram abrigadas na Associação de Moradores. Em Batelão e Lagoa dos Paus, apesar do transtorno, não houve registros de desalojados. Ainda em Santa Clara, além das várias ruas alagadas, a água invadiu residências e lojas, atingindo móveis e outros objetos.

A Prefeitura estuda a possibilidade de decretar Estado de Emergência. “Estamos analisando tecnicamente, junto com a Defesa Civil e Procuradoria Geral do Município, a possibilidade de decretarmos Estado de Emergência e a instalação de um Gabinete de Gestão diante dos danos e transtornos à população, bens materiais públicos e privados causados pelas chuvas, que atingem o município desde o último dia 15. O decreto permitiria uma resposta mais rápida em relação a eventuais recursos a serem solicitados aos governos Estadual e Federal”, disse a prefeita. A Prefeitura informou ainda que a Força Tarefa vai monitorar outros locais que tenham sido atingidos pelas chuvas e elaborar as ações a serem tomadas para minimizar os estragos. A orientação é para em caso de necessidade os moradores ligarem para o telefone do Canal Verde: (22) 9.8161-6713.

Mais do SFn