Filho preso pela morte da mãe em Itaocara: delegado fala sobre crime; foto dos dois foi encontrada ao lado da vítima

Um porta-retrato com a foto dos dois foi encontrado ao lado do corpo, e segundo o delegado, o filho que teria colocado o porta-retrato; veja o que o delegado fala no vídeo

O delegado titular da 135ª Delegacia de Polícia de Itaocara, Dr. Carlos Augusto Guimarães da Silva, falou um pouco mais sobre o crime que chocou os moradores de Itaocara nesta semana, em que uma mãe teria sido morta pelo próprio filho. O delegado falou sobre o trabalho de perícia e a rápida investigação feita pelos policiais da DP.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

O crime ocorreu no domingo, em um apartamento no Centro de Itaocara. Na terça o filho da vítima foi preso por policiais civis da 135ª DP, coordenados pelo delegado, que cumpriram um mandado de prisão temporária por homicídio qualificado. De acordo com o delegado, laudos periciais do local e de necropsia apontaram a causa médica da morte como asfixia (meio cruel). Os laudos também apontaram hematomas na região carotidiana, além de uma fratura na região cervical.

Ainda segundo o delegado, a motivação para o crime seria a ambição do investigado na obtenção dos bens da vítima, conforme bilhete manuscrito encontrado com ele por ocasião da prisão, o que indica a torpeza do crime. O delegado informou ainda que o próprio filho procurou a polícia dizendo que a mãe parecia estar morta, numa tentativa, segundo o delegado, de disfarçar o crime, mas as investigações apontam o filho como autor do homicídio.

Carlos Augusto informou também que um porta-retrato com a foto dos dois foi encontrado ao lado do corpo, e que o filho teria colocado o porta-retrato ao lado da mãe após o crime. O caso segue sendo investigado.

VEJA MAIS

VEJA MAIS