Farmacêutica recolhe lotes de Losartana do mercado por presença de impurezas que podem trazer riscos

A medicação é indicada para o tratamento de pressão alta e insuficiência cardíaca. Recolhimento é uma medida de precaução

A Farmacêutica Sanofi Medley anunciou o recolhimento voluntário e preventivo de todos os lotes de remédios com o princípio ativo Losartana do mercado. A medicação é indicada para o tratamento de pressão alta (hipertensão arterial) e insuficiência cardíaca. A farmacêutica informou que a retirada do produto é uma “medida de precaução devido à presença de impurezas mutagênicas nos produtos”. Neste momento, o medicamento está sendo retirado de circulação para voltar ao mercado com o IFA (ingrediente farmacêutico ativo) ajustado.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

As impurezas mutagênicas são substâncias químicas que podem causar mudanças no DNA de uma célula. “Este recolhimento é uma medida de precaução e, até o momento, não existem dados para sugerir que o produto que contém a impureza causou uma mudança na frequência ou natureza dos eventos adversos relacionados a cânceres, anomalias congênitas ou distúrbios de fertilidade. Assim, não há risco imediato em relação ao uso dessas medicações contendo losartana”, informou a farmacêutica em nota.

A farmacêutica iniciou o recolhimento preventivo de todos os lotes dos produtos: losartana potássica + hidroclorotiazida 50 mg + 12,5 mg, losartana potássica + hidroclorotiazida 100 mg + 25 mg e losartana potássica 50 mg e 100 mg comprimidos da marca Medley. “Se possuir qualquer lote desses produtos pedimos que entre em contato imediatamente pelo 0800-703-0014, em dias úteis de segunda à sexta-feira, das 8h às 18h (exceto nos feriados nacionais). Em caso de dúvidas sobre o tratamento, o médico deverá ser consultado” – informou a farmacêutica.

Com informações Jornal Extra

VEJA MAIS

VEJA MAIS