Falta de energia elétrica interrompe abastecimento de água em municípios do Noroeste Fluminense

O abastecimento já começou a ser restabelecido, mas em alguns pontos pode levar até 48 horas para ser totalmente normalizado

Como se não bastasse ficar sem energia por quase 15 horas e os temporais que atingiram municípios do Noroeste Fluminense na madrugada desta quarta-feira (18/11), os moradores também estão enfrentando problemas com a falta de água. Segundo a Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro, devido à interrupção no fornecimento de energia elétrica por parte da Enel, o sistema de abastecimento de água foi paralisado nos municípios de Aperibé, Cambuci, Itaocara, Miracema e São José de Ubá. O fornecimento de energia nos municípios de Miracema, Itaocara e Cambuci retornou no final da manhã desta quarta-feira (18/11), e o abastecimento foi retomado, mas só deve se normalizar em até 48 horas.

Já para os moradores de Aperibé e São José de Ubá o fornecimento de água será restabelecido nas próximas horas, mas também pode levar até 48 horas para se normalizar totalmente em alguns locais, como ruas altas. Moradores de imóveis que dispõem de sistema de reserva (caixas d’água e/ou cisterna) não devem sofrer desabastecimento. Mesmo assim, a Cedae pede que os clientes usem água de forma equilibrada e, se possível, adiem tarefas não essenciais que exijam grande consumo. Segundo a Enel Distribuição Rio, concessionária responsável pelo fornecimento de energia na região, o apagão foi provocado por um desarme na linha de transmissão Cambuci/Pádua, que atende os municípios de Itaocara, Miracema, São José de Ubá e Santo Antônio de Pádua. A linha se rompeu na região do Morro Guarani, no município de Cambuci. O fornecimento de energia já foi restabelecido.

VEJA MAIS

VEJA MAIS