Ex-vereador ‘fura’ barreira sanitária em São Fidélis e atinge agente de saúde

"Não estou aqui pra polemizar, apenas pedindo respeito e educação, porque nós que estamos na barreira sanitária apenas estamos fazendo nosso serviço de orientação e prevenção", disse o agente
Foto: divulgação

Assim como outros municípios do estado, São Fidélis também tem suas barreiras sanitárias. São agentes de saúde e de trânsito que trabalham a serviço da população, fazendo orientação e prevenção à proliferação do novo coronavírus, Covid-19. Mas, para que esse serviço possa obter resultados, a população também precisa ter paciência e o principal, respeitar os funcionários públicos que fazem a abordagem. Entretanto, algumas pessoas não estão respeitando e até estão “furando o bloqueio”, foi o que aconteceu nesta quinta-feira (16), quando um ex-vereador não parou e ainda acabou atingindo um agente comunitário de saúde. Segundo Bruno de Souza, de 24 anos, ele estava trabalhando e orientando uma pessoa que estava de moto quando um agente de trânsito pediu ao ex-vereador Jacozinho que parasse, mas o mesmo não respeitou a ordem e passou direito com o carro, que acabou atingindo o tornozelo do agente. (continua após a publicidade)

“Hoje seria mais um dia de serviço na barreira sanitária normal, até o ex-vereador furar a barreira dizendo ao agente de trânsito que não ia parar e passar em cima do meu tornozelo! Não sei se ele fez isso por politicagem ou porque o mesmo não tem educação e respeito, mas em 4 em 4 anos vem pedir voto a população. Não estou aqui pra polemizar apenas pedindo respeito e educação, porque nós que estamos na barreira sanitária apenas estamos fazendo nosso serviço de orientação, prevenção. Não estamos lá pra politicagem apenas estamos fazendo nosso serviço”, postou o agente em uma rede social. Ao serem abordados nas barreiras, os condutores de veículos respondem a algumas perguntas e passam pela medição de temperatura. Os que apresentam quadro febril são encaminhados para o hospital, o que já aconteceu em alguns casos. O procedimento é rápido, basta ter apenas paciência e respeito. (continua após a publicidade)

Nossa redação procurou o ex-vereador Jacozinho e o mesmo disse que estava retornando de uma clínica em Campos onde fez um exame, que estava se sentindo mal e queria chegar em sua casa. O ex-vereador disse ainda que não percebeu que havia atingido alguém, e que logo que soube, foi até a delegacia e entrou em contato com a vítima para prestar atendimento. Bruno confirmou ao SF Notícias que o ex-vereador entrou em contato com ele. Na postagem feita pelo agente, Bruno recebeu apoio de várias pessoas, inclusive do filho do ex-vereador, que pediu desculpas pelo que aconteceu. “Deixo aqui meu comentário de repúdio pelo que meu pai fez. Injustificável! Venho aqui também pedir desculpas, não por ele, mas pela minha família, que estamos com muita vergonha por conta do ocorrido. E continue sim a ocorrência, todos os nossos atos tem consequências e devemos pagar por elas. Grande abraço e melhoras”, comentou o filho do ex-vereador na postagem. A Polícia Rodoviária Estadual foi acionada e o caso agora será apurado pela Polícia Civil.

VEJA MAIS

VEJA MAIS