Ex-prefeito de Trajano de Moraes é preso pela Polícia Civil em apart-hotel de luxo, no Rio

Segundo a Polícia Civil, ele possuía quatro mandados de prisão em aberto, sendo dois de sentença condenatória, e estava sendo procurado desde 2016

Imagem: Divulgação/ Polícia Civil

O ex-prefeito do município de Trajano de Moraes, município na Região Serrana do Rio, Sérgio Eduardo Melo Gomes, foi preso por policiais civis da 81ª Delegacia Legal de Itaipu neste domingo (31/01). De acordo com a Polícia Civil, Sérgio possuía quatro mandados de prisão em aberto, sendo dois de sentença condenatória, e estava sendo procurado desde 2016. O acusado, que foi prefeito entre 2005 e 2007, foi localizado em um apart-hotel de luxo na Zona Sul do Rio. Ainda segundo a Polícia Civil, as investigações foram realizadas pela Delegacia de Trajano de Moraes, onde foi constatada a prática de crimes de superfaturamento de compras e contratação irregular com organização social praticados à época em que o acusado exercia o cargo de prefeito.

De acordo com o portal G1, o ex-prefeito possui nove anotações criminais, a maioria por crimes cometidos no exercício do mandato, que envolve a contratação irregular de uma organização social e compras superfaturadas. Sérgio é suspeito de fraudar licitações para compra de equipamentos hospitalares, desvio de dinheiro público e formação de quadrilha. As investigações revelaram ainda que funcionários recebiam salários muito inferiores do que os valores repassados pela prefeitura. Na folha de pagamento, havia pessoas sem vínculo com a organização social e até mortas. O ex-prefeito, que foi afastado da prefeitura antes de terminar o mandato, chegou a ser preso em 2007, na operação Sanguessuga, da Polícia Federal, mas foi solto.

VEJA MAIS

VEJA MAIS