terça-feira , 20 outubro 2020

Escolas de samba levaram igualdade, circo e super-heróis para avenida em São Fidélis

caranaval 2
Fotos: Vinnicius Cremonez

Um carnaval muito diferente do que as escolas estão acostumadas apresentar na avenida, mas mesmo diante de todas as dificuldades, os integrantes das agremiações se uniram e mostraram o carnaval da união e da força.

Foi pedindo união, o fim do preconceito, das perseguições e da intolerância, que o Grêmio Recreativo Acadêmicos da Ipuca foi para avenida, abrindo a noite do desfiles das Escolas de Samba de São Fidélis.

Com o tema todos somos iguais, a escola mostrou na avenida que apesar de cada um ser diferente, ter escolhas diferentes, todos podemos conviver juntos. A escola foi a única que levou carros alegóricos para a avenida.

caranaval 14Em seguida veio o Grêmio Recreativo Escola de Samba Unidos dos Coroados, que diferentemente daqueles desfiles com grandes carros, a escola mostrou o carnaval da união, e mostrou que mesmo sem dinheiro é possível fazer um desfile.

A escola reapresentou o samba enredo campeão de 2006, levando palhaços, mágicos e outras atrações, para mostrar que a arte do circo nos encanta e nos faz sonhar.

caranaval 24Encerrando a noite de desfiles das escolas de samba, a União de São Vicente levou o mundo encantado dos desenhos e filmes que mostram a luta entre o bem e o mal.

Com super-heróis e personagens que fizeram parte da nossa infância e continuam fazendo parte de nossa história, como o Superman, De Flash, Lanterna Verde, e Pinóquio, a escola mostrou que o bem sempre vence os vilões nas disputas.

As duas últimas agremiações fizeram um minto de silêncio antes de entrarem na avenida, para homenagear os componentes que faleceram nos últimos anos.

Mais do SFn