Enel registrou quase 4 mil raios em Aperibé, Cambuci, Cordeiro, Itaocara, Madalena, S.Fidélis e S. S. do Alto

Também foi registrada uma grande incidência de descargas elétricas em Bom jardim, Duas Barras, Itaperuna e Trajano de Moraes; levantamento é do mês de janeiro, mas só entre segunda e terça, o Elat registrou mais de 10 mil raios na região

imagens: Renata Martins Oliveira

A Enel Distribuição Rio contabilizou, por meio do seu Sistema de Monitoramento e Alerta, 28.988 raios nuvem-solo (aqueles que atingem o chão) em toda a sua área de concessão no mês de janeiro de 2022. Os municípios mais atingidos foram Resende, com 2.497 raios, Cachoeiras de Macacu (1.740), Silva Jardim (1.656), Teresópolis (1.525) e Duque de Caxias (1.292).

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

De acordo com o Climatempo, janeiro é um mês climatologicamente chuvoso na Região Sudeste do Brasil. Com relação ao Rio de Janeiro, o instituto informa que as Regiões Serrana, Sul, Costa Verde, Noroeste, Macaé e Magé tiveram um volume maior de chuvas em janeiro, chegando a superar a média histórica dos últimos 30 anos comparando o mesmo período. Os raios que atingiram a área de concessão da Enel Distribuição Rio também tiveram um aumento de 18%, em relação ao mesmo período do ano passado.

Em 2021, o Sistema de Monitoramento e Alerta registrou um total de 128.502 incidências de raios nuvem-solo na área de concessão da Enel Rio. No topo da lista está a cidade de Cachoeiras de Macacu, com 8.766 raios, seguida de Silva Jardim (8.199), Campos dos Goytacazes (7.354), Resende (6.797) e Macaé (6.176).

Além de chuvas, ventos fortes e descargas atmosféricas, o Sistema de Monitoramento e Alerta auxilia na verificação de possíveis ocorrências na rede da distribuidora, possibilitando que técnicos e engenheiros monitorem, em tempo real, toda área de concessão da Enel Distribuição Rio e, em caso de alguma ocorrência, agir de maneira mais assertiva e rápida. Esse trabalho é realizado 24 horas por dia, a partir de satélite, com dados fornecidos em tempo real pela Climatempo, e serve para o planejamento e mobilização das equipes minimizando o tempo de restabelecimento em caso de interrupção no fornecimento de energia. O sistema emite boletins diários sobre as condições meteorológicas em toda a área de concessão da distribuidora e possibilita o planejamento e antecipação para o atendimento das emergências. O programa conta com previsão de chuvas, monitoramento das áreas e alertas para previsão de riscos para cada local monitorado.

Em nossa região
Só em nossa região, o Sistema de Monitoramento e Alerta da concessionária registrou 3.865 raios; veja abaixo os dados das cidades da nossa região:

Cambuci – 298
Itaocara – 504
Aperibé – 134
Miracema – 292
Cordeiro – 39
Cantagalo – 476
Duas Barras – 133
São Sebastião do Alto – 367
Santa Maria Madalena – 364
São Fidélis – 372
Macuco – 26
Trajano de Moraes – 346
Bom Jardim – 139
Itaperuna – 375

O número de raios que atingem nossa região segue subindo. Só entre a noite desta segunda e madrugada desta terça-feira (15) o Grupo de Eletricidade Atmosférica (ELAT), do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) registrou mais de 10.500 raios. O levantamento de raios nuvem-solo (NS), aqueles que atingiram o solo, e os raios intra-nuvem (IN), aqueles entre as nuvens, foi feito a pedido do SF Notícias. Veja abaixo o levantamento de cidades da nossa região nessas últimas horas.

  • Aperibé 96 NS  |148 IN
  • Cantagalo 703 NS  | 859 IN
  • Cambuci 202 NS  | 463 IN
  • Cordeiro 49 NS  | 11 IN
  • Cardoso Moreira 1 NS  0IN
  • Bom Jardim 236 NS  | 822 IN
  • Bom Jesus do Itabapoana > 15 NS  | 37 NS
  • Duas Barras 103 NS  | 171 IN
  • Itaocara 330 NS  | 442 IN
  • Itaperuna 31 NS  | 78 IN
  • Italva 1 NS  | 0 IN
  • Laje do Muriaé 17 NS | 62 IN
  • Macuco 110 NS | 100 IN
  • Miracema 100 NS  | 210 IN
  • São Fidélis > 79 NS  | 199 IN
  • São José de Ubá > 62 NS  133 IN
  • Santo Antônio de Pádua 256 NS  | 548 IN
  • Santa Maria Madalena 296 NS  | 560 IN
  • São Sebastião do Alto 639 NS  | 912 IN
  • Trajano de Moraes 535 NS  | 841 IN
  • Porciúncula 3 NS  60 IN
  • Varre-Sai 7 NS  | 37 IN

A fotógrafa Renata Martins Oliveira, moradora de Cordeiro, fez alguns registros espetaculares na última segunda. As imagens foram feitas da varanda da casa dela, no bairro Iperj, nas direções da Mata do Posto e da torre do House Hotel. Confira abaixo os registros.

VEJA MAIS

VEJA MAIS