Enel concede desconto na conta de luz por meio da troca de materiais recicláveis; veja como conseguir

Veja como participar e onde estão os Ecopontos em funcionamento em nossa região

Hoje se comemora o Dia Mundial da Reciclagem, data instituída pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência, e a Cultura (UNESCO) para conscientizar a sociedade para os benefícios da redução e reciclagem de resíduos. A Enel reafirma o seu compromisso com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 da ONU por meio do Ecoenel, programa que oferece desconto na conta de luz por meio da troca de materiais recicláveis (papel, plástico, metal e vidro). São 91 pontos de coleta fixos e itinerantes no Rio de Janeiro, onde clientes da concessionária podem economizar na fatura de energia e contribuir com o descarte correto de resíduos.

Nos últimos dois anos, o programa beneficiou cerca de 26 mil clientes e arrecadou mais de 2,8 mil toneladas de resíduos, concedendo cerca de R$ 1 milhão em bônus nas faturas de energia dos clientes atendidos pela distribuidora no Rio de Janeiro. Além disso, colaborou para evitar a emissão de 7,9 mil toneladas de gás carbônico (CO₂) na atmosfera e para a preservação de cerca de 21 mil árvores. Mais de 800 beneficiários tiveram descontos de 50% ou mais no valor da fatura.

O processo para aderir ao programa é simples: basta apresentar a conta de energia em um dos pontos de coleta e receber o cartão Ecoenel. Os consumidores também podem baixar gratuitamente o aplicativo do Ecoenel, disponível na plataforma Android. Após o cadastro, o cliente poderá levar os resíduos pré-separados por tipo até o ponto de sua preferência. Alguns ecopontos também recebem resíduos eletrônicos como aparelhos celulares, televisores, liquidificador, chuveiro, entre outros. Ao todo, podem ser coletados mais de 160 tipos de materiais eletrônicos.

No Ecoenel, os materiais são pesados, e o valor do bônus é creditado automaticamente na conta de energia. Cada resíduo tem seu valor em quilo, unidade ou litro e, caso o valor da bonificação seja superior ao total da conta, o excedente é creditado automaticamente na fatura seguinte. Para agilizar o processo de entrega e pesagem dos resíduos, os materiais devem ser separados e limpos com antecedência. Papéis e plásticos, por exemplo, não podem estar sujos ou molhados. No caso das latas de alumínio, devem estar sem areia, pedra ou materiais que comprometam a pesagem.

De acordo com o Responsável de Sustentabilidade da Enel Distribuição Rio, Leonardo Soares, a companhia incentiva o consumo consciente entre os seus consumidores e promove o descarte correto dos resíduos, um dos principais desafios dos centros urbanos. “Recebemos os materiais separados e limpos pelos clientes e os encaminhamos para o processo de reciclagem. Acreditamos no engajamento dos clientes para descartar corretamente esses materiais, atitude tão importante para o meio ambiente, que ajuda ainda na redução das contas de energia, complementa o executivo.

Ecopontos em funcionamento
No momento, apenas 17 ecopontos fixos estão abertos em seis municipios. Por conta das restrições impostas pela pandemia de Covid-19, todas unidades ativas do Ecoenel estão seguindo os protocolos de higiene e segurança, como o uso de máscara, luvas e álcool em gel pelos colaboradores e orientações sobre o distanciamento mínimo. Em nossa região há ecopontos em Cantagalo e Cordeiro; veja abaixo os endereços.

Centro (Cordeiro): Avenida Presidente Vargas 42/54 (Secretaria de Meio Ambiente)
Horário de funcionamento: segunda a sexta, das 8h às 12h e das 13h às 17h.

Centro (Cantagalo): R. Ver. Francisco Vieira, 70 (Terminal Rodoviário) Horário de funcionamento: segunda a sexta, das 8h às 12h.

VEJA MAIS

VEJA MAIS