Em meio à pandemia, moradores de São Fidélis estão há 4 dias sem água Lavar as mãos sempre é uma medida importante de prevenção às infecções, principalmente nesse momento de pandemia. Mas, como higienizar as mãos sem água?

Lavar as mãos sempre é uma medida importante de prevenção às infecções, principalmente nesse momento de pandemia. Mas, como higienizar as mãos sem água?

arquivo

Os anos passam e o problema continua o mesmo. Há anos que o serviço prestado pela Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro (CEDAE) em São Fidélis vem gerando críticas da população, isso porque em todos os últimos anos os fidelenses sofreram com a falta d’água, principalmente aqueles que moram em bairros considerados altos como Chatuba, Parque Tinola, Penha, Recanto da Penha, Santa Terezinha e outros. Na última terça, a CEDAE interrompeu totalmente o fornecimento de água no município, e ainda naquele dia, a estatal havia informado que o abastecimento iria ser retomado de forma parcial no decorrer da noite. Já nesta quinta a companhia informou que o abastecimento do município está reduzido em 40%, e que um reparo emergencial que estava sendo feito em uma bomba usada para captar água para a estação de tratamento iria ser concluído até a manhã desta sexta-feira (03/07), quando o fornecimento de água seria totalmente restabelecido, mas, até o momento, há diversos moradores sem água. (continua após a publicidade)

Ontem, depois da população já estar há três dias sem água, a CEDAE emitiu um comunicado para a imprensa pendido para que os moradores economizassem água, mas, como economizar o que não tem? Lavar as mãos sempre é uma medida importante de prevenção às infecções, principalmente nesse momento de pandemia. Mas, como higienizar as mãos sem água?  Nossa redação entrou em contato novamente com a companhia na manhã desta sexta para saber se o abastecimento foi normalizado, mas a CEDAE ainda não nos respondeu. A resposta veio através dos moradores nas redes sociais. “Quatro dias sem água, mas os dois meses antecipados de um consumo que, ao meu ver, não existiu, já estão aqui aguardando o pagamento”, postou uma moradora. Outro morador postou: “Aqui no Montese está sem cair água desde terça-feira, mas a conta chega normal e com valores altos”.

Mais do SFn