Eclipse lunar parcial mais longo em 580 anos acontece entre a madrugada e o amanhecer desta sexta

Este será o mais longo eclipse lunar parcial do século e o último deste ano. A contemplação do eclipse lunar poderá ser realizada a olho nu

Imagem: KAI PFAFFENBACH/Reuters

Quem olhar para o céu entre a madrugada e o amanhecer desta sexta-feira (19/11) poderá observar um dos mais belos fenômenos astronômicos: o Eclipse Lunar Parcial, que será o mais longo em 580 anos. O fenômeno raro terá início às 03 horas e 02 minutos (horário de Brasília) e seu momento máximo ocorrerá às 06 horas e 02 minutos, segundo a Climatempo. Mas, para observar o fenômeno astronômico será necessário ter um céu sem nuvens ou com pouca nebulosidade.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

Ainda segundo a Climatempo, não é necessário o uso de binóculo ou telescópio. A contemplação do eclipse lunar pode ser realizada facilmente a olho nu, mesmo para quem estiver numa cidade com poluição luminosa. “A única exigência é que o horizonte oeste/noroeste esteja livre da interferência de prédios, árvores, montanhas ou qualquer outro objeto que obstrua a visualização desse horizonte” – destaca o portal.

Antes que ocorra o eclipse lunar parcial é necessário a ocorrência do eclipse lunar penumbral. Neste momento, no início do eclipse, às 03 horas e 02 minutos (horário de Brasília), a Lua estará pouco acima do horizonte noroeste. Já no momento em que a Lua inicia a fase do eclipse lunar parcial, que será às 04 horas e 18 minutos (horário de Brasília), a Lua poderá ser observada entre o horizonte noroeste e oeste. A Lua estará se aproximando cada vez mais deste horizonte e começa a ficar com o belo aspecto “cortada”.

VEJA MAIS

VEJA MAIS