Detentas do presídio feminino de Campos ameaçam fazer rebelião após suspensão de visitas 

Detentas do Presídio feminino Nilza da Silva Santos, em Campos, ameaçaram realizar uma rebelião na manhã desta quarta-feira (18/01), devido a suspensão das visitas. Os familiares foram impedidos de entrar por inspetores de administração penitenciária, que estão em greve.

O tumulto ocorreu em duas celas da penitenciária. As presas gritaram, xingaram e chegaram a bater e balançar as grades. Em vídeos que circularam nas redes sociais as presas gritavam: “Se não tiver visita vai rolar rebelião”. A Polícia Militar foi acionada para fazer a segurança no local.

Em nota, a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) informou que a direção do Presídio conseguiu contornar a situação e ressaltou que o tumulto ocorreu em apenas duas das onze celas da unidade.

VEJA MAIS

VEJA MAIS