Cerca de 40 imóveis estão interditados preventivamente pela Defesa Civil em um raio de 500 metros

Desmoronamento de rochas atinge 6 casas em Petrópolis; veja os vídeos

Imagens: redes sociais

Moradores do distrito da Posse em Petrópolis, na Região Serrana do Rio, levaram um grande susto na tarde desta terça-feira (22/01). Um desmoronamento de rochas atingiu seis casas (Vídeo no final), e outras 40 foram interditadas preventivamente em um raio de 500 metros. A informação foi confirmada pela Defesa Civil do município.

O desmoronamento aconteceu na localidade do Ingá. Os moradores registraram o momento do desmoronamento e as imagens, impressionantes, viralizaram nas redes sociais. Segundo a Defesa Civil, houve um rolamento de bloco rochoso.

Nas redes sociais os moradores relataram que a localidade foi atingida por uma forte chuva na noite de segunda-feira (21), mas que nesta terça, não choveu. As pedras que rolaram destruíram casas e até um carro.

continua após a foto

Moradores evacuaram as casas antes

De acordo com a nota divulgada pela Defesa Civil, os moradores relataram que escutaram barulhos na pedreira durante a madrugada e evacuaram os imóveis, mas não chegaram a acionar a Defesa Civil.

Técnicos da Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias estão na localidade, assim como a equipe da Assistência Social do CRAS, que está dando suporte às famílias. A Prefeitura de Petrópolis também divulgou uma nota, e informou que “está sendo feito levantamento apurando as necessidades de cada família em alimentos, roupas e outros itens. As famílias estão sendo alojadas em casa de parentes”.

“Desde 2014, quando houve o primeiro deslizamento no Ingá, a Defesa Civil monitora o local. Desde aquela época, sete casas estão interditadas e um terreno foi dado como impróprio para construção no local”, diz um trecho da nota da Defesa Civil.

Já a nota da Prefeitura diz que a “temperatura alta aliada a raios e temporais no Verão pode ter provocado o deslocamento de rochas, após sequência de variação térmica. Será feita uma análise geológica para determinar causas e extensão do acidente e direcionar as ações de prevenção”.

Mais do SFn