Criança fica ferida após ser atacada por macaco em Cordeiro

macaco-ataque-cordeiro-3
Local do piquenique

Um menino de oito anos ficou ferido após ser atacado por um macaco na tarde deste domingo (11/12) em Cordeiro. Segundo os familiares, o menino estava na companhia de sua irmã, de seis anos, e de sua mãe fazendo um piquenique no local conhecido como mata do posto.

Ainda de acordo com os familiares, o macaco estava em cima de uma árvore, e em questão de segundos, o animal teria descido e mordido o menino. A criança teve ferimentos na cabeça e em uma das mãos.

A espécie que teria mordido a criança é do gênero Alouatta, conhecido como Bugio, Guariba ou Barbado. Uma espécie tranquila e que segundo os biólogos, não ataca voluntariamente. Os bugios fazem parte da subfamília monotípica Alouattinae, e gênero Alouatta.

Em alguns grupos, moradores afirmaram que o macaco está com filhotes. Segundo o gestor do Parque Estadual do Desengano, Carlos Dário, os primatas não atacam assim voluntariamente. O animal pode ter revidado por estar se sentindo ameaçado e para proteger sua cria.

Devemos proteger os macacos e lembrar que nós somos os invasores. Devido ao desmatamento, os animais acabam aparecendo em áreas urbanas.

VEJA MAIS

VEJA MAIS