Cordeiro, Friburgo, Miracema e S.S. do Alto vão receber mais de 2 milhões para custeio de leitos de UTI

Recurso financeiro para custeio de leitos de UTI para atendimento exclusivo dos pacientes Covid-19 foi liberado pelo Ministério da Saúde

Através de portaria publicada nesta terça-feira (25/05) no Diário Oficial da União o Ministério da Saúde libera R$ 1,048 bilhão para custeio de 21.998 leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) para pacientes com Covid-19 em mais de mil unidades de saúde localizadas em municípios de todas as unidades federativas, além do Distrito Federal. A lista de hospitais, fundações, associações hospitalares, santas casas, institutos, pronto socorros e demais estabelecimentos que receberão, em caráter excepcional, os recursos pode ser conferida na portaria nº1.059.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

Na lista constam o Hospital São Vicente de Paulo, em Bom Jesus do Itabapoana, que deve receber R$ 1.920.000,00; Hospital de Cordeiro (R$ 480.000,00); Hospital Álvaro Alvim (R$ 336.000,00), Ferreira Machado (R$ 480.000,00), Plantadores de Cana (R$ 576.000,00) e Santa Casa de Campos (R$ 288.000,00); Hospital Público de Macaé (R$ 528.000,00/ R$ 1.056.000,00); Hospital de Miracema (R$ 480.000,00), Hospital Raul Sertã de Nova Friburgo (R$ 960.000,00); Hospital de São Sebastião do Alto (R$ 240.000,00), entre outras cidades do estado do Rio.

Juntos, os hospitais da região citados devem receber mais de 7.720.000. As despesas autorizadas nos termos da Portaria são referentes ao mês de maio de 2021 e corresponderão ao montante total de R$ 1.048.320.000,00 (um bilhão, quarenta e oito milhões trezentos e vinte mil reais), referente a recurso do Bloco de Manutenção das Ações e Serviços Públicos de Saúde- Grupo Coronavírus (COVID 19). O Fundo Nacional de Saúde adotará as medidas necessárias para a transferência dos valores previstos aos Fundos Estaduais e Municipais de Saúde, mediante processo autorizativo encaminhado pela Secretaria de Atenção Especializada à Saúde.

VEJA MAIS

VEJA MAIS