Conta de luz fica mais cara a partir de hoje para moradores de cidades da região

Clientes residenciais da Enel terão uma alta de 4,65%. Empresa atende a 66 municípios do estado

A segunda-feira começa mais cara na conta de luz para moradores de 66 municípios do estado, sendo a maior parte deles nas regiões Norte, Noroeste e Serrana. A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) aprovou um reajuste tarifário anual. As novas tarifas passam a vigorar a partir de hoje, dia 15, para 2,7 milhões de unidades consumidoras, localizadas em 66 municípios do Estado do Rio de Janeiro.

Os clientes residenciais da Enel Distribuição Rio terão uma alta de 4,65%. Já para os consumidores industriais (de alta tensão) o aumento médio será ainda maior, de 10,38% nas suas tarifas. Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica, os fatores que mais impactaram o presente processo tarifário foram: os custos com transporte de energia; pagamento de encargos setoriais e custos com compra de energia, em especial, da Usina de Itaipu que é valorada em dólar. Vale ressaltar que o empréstimo da Conta-covid – um empréstimo feito no ano passado – contribuiu para amenizar o impacto do reajuste em -14,29%. Abaixo, veja a lista das cidades atendidas pela Enel Distribuição Rio na área de cobertura do SF Notícias, ou seja, onde a conta de luz vai ficar mais cara:

APERIBÉ
BOM JESUS DO ITABAPOANA
BOM JARDIM
CAMBUCI
CAMPOS DOS GOYTACAZES
CANTAGALO
CARDOSO MOREIRA
CORDEIRO
DUAS BARRAS
ITALVA
ITAOCARA
ITAPERUNA
LAJE DO MURIAÉ
MACAÉ
MACUCO
MIRACEMA
NATIVIDADE
NOVA FRIBURGO (PARTE)
PORCIÚNCULA
SÃO FRANCISCO DE ITABAPOANA
SÃO JOÃO DA BARRA
SÃO SEBASTIÃO DO ALTO
SÃO FIDÉLIS
SÃO JOSÉ DE UBÁ
SANTA MARIA MADALENA
SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA
VARRE-SAI

VEJA MAIS

VEJA MAIS