Concurso Polícia Civil RJ: banca organizadora será anunciada nesta sexta

Concurso terá cargos de Investigador Policial, Inspetor de Polícia, Delegado de Polícia, Perito Legista, Auxiliar Policial de Necropsia, Técnico Policial de Necropsia e Perito Criminal

A Polícia Civil do Rio de Janeiro vai anunciar nesta sexta-feira (14/05) a banca organizadora do concurso que terá cargos de Investigador Policial, Inspetor de Polícia, Delegado de Polícia, Perito Legista, Auxiliar Policial de Necropsia, Técnico Policial de Necropsia e Perito Criminal. Os cargos terão exigência para os níveis superior, médio e fundamental. O anúncio da escolha da banca será feito às 18 horas no perfil do Instagram da instituição. No mês passado o governador Cláudio Castro anunciou que os editais para o concurso público da Polícia Civil já estavam aprovados na Procuradoria Geral do estado, faltando apenas atribuir o número de vagas total.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

Anunciado em novembro do ano passado, o concurso previa inicialmente 864 vagas, mas esse número deve sofrer uma redução. Em abril desse ano foi publicado, em Diário Oficial, o Decreto que dispõe sobre o bloqueio de cargos efetivos com os respectivos quantitativos. Nele constam apenas 400 vagas.

✅ 200 (duzentos) cargos de Investigador Policial;
✅ 100 (cem) cargos de Inspetor de Polícia;
✅ 50 (cinquenta) cargos de Delegado de Polícia;
✅ 25 (vinte e cinco) cargos de Perito Legista;
✅ 10 (dez) cargos de Auxiliar Policial de Necropsia;
✅ 10 (dez) cargos de Técnico Policial de Necropsia;
✅ 05 (cinco) cargos de Perito Criminal.

De acordo com a Folha Dirigida, até o último dia 10, sete instituições haviam enviado suas propostas de preço para realizarem o concurso. Ainda segundo a Folha, a corporação realiza dois processos licitatórios para escolha da banca do concurso, sendo uma para organizar a seleção de delegado e outro para os demais cargos autorizados.

Os editais devem ser publicados antes de julho, faltando apenas a escolha da banca organizadora, e as provas devem acontecer no segundo semestre desse ano.

A expectativa é que novas vagas sejam abertas no decorrer da validade do concurso. O estado está sob Regime de Recuperação Fiscal (RRF) junto à União, e ele só permite que sejam preenchidos cargos que vagaram por aposentadorias, exonerações, mortes e desligamentos em geral. Atualmente, quase 2 mil policiais civis podem se aposentar no estado.

VEJA MAIS

VEJA MAIS