Ciclone subtropical tende a se formar na costa do Sudeste, prevê Climatempo

Mar fica agitado na costa do Rio de Janeiro, com ondas entre 1,5 e 2,0 m. Na quarta (03) a expectativa é de agitação marítima no litoral norte do Rio de Janeiro e no Espírito Santo, com ondas de 1,5 a 2,0m

Um sistema de baixa pressão atmosférica na costa do Sudeste e a circulação de ventos em vários níveis da atmosfera vão favorecer a formação de nuvens muito carregadas nos próximos dias na Região, segundo a Climatempo. “Trata-se de uma forte área de baixa pressão atmosférica que se alimenta das águas quentes do oceano. É preocupante devido ao elevado potencial para causar rajadas de vento de moderada a forte intensidade, especialmente na costa capixaba” – prevê o portal. Entre a noite deste domingo (31) e no decorrer desta segunda-feira (01/11) a área de baixa pressão se desenvolve e já pode provocar fortes pancadas de chuva no sul e leste de Minas, Zona da Mata Mineira e Grande Belo Horizonte e também sobre o estado do Rio de Janeiro. Há risco de chuva volumosa, raios, rajadas de vento entre 50 km/h e 70 km/h e também ocorrência de temporais.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

Na terça-feira, feriado do Dia de Finados, a baixa pressão atmosférica dará origem a um novo ciclone subtropical que vai manter o tempo bastante carregado principalmente em Minas Gerais, Espírito Santo e Bahia. Entre quarta (03) e quinta-feira (04), o ciclone faz a transição e vira um ciclone extratropical. Ainda na terça, o mar fica agitado na costa do Rio de Janeiro, com ondas entre 1,5 e 2,0m. Na quarta (03) a expectativa é de agitação marítima no litoral norte do Rio de Janeiro e no Espírito Santo, com ondas de 1,5 a 2,0m. Há risco de ressaca em alguns pontos destas regiões, mas por enquanto, a ondulação não está tão favorável para ser generalizada, ainda segundo a Climatempo.

VEJA MAIS

VEJA MAIS