Chuva forte provoca transbordamento de córregos e valões em São Fidélis

Choveu de forma constante durante toda essa sexta de Natal; na zona rural a chuva foi mais forte. A Defesa Civil chegou a colocar o município em Alerta

Choveu muito durante toda esta sexta-feira (25/12) de Natal em São Fidélis, no Norte Fluminense. Uma chuva forte, em alguns momentos, e constante, que encharcou o solo e provocou alagamentos em pontos que costumam encher de água quando chove muito na cidade. Houve alagamentos na Rua do Sacramento, Avenida Paranhos, ao redor da Praça do Barão de Macaúbas, na Antônio Xavier Maia (Penha) e em trechos da Avenida Sete de Setembro e na Rua Frei Ângelo. O vídeo abaixo foi gravado na Penha.

continua após o vídeo

Vídeo: Thiago Willemen

A chuva mais forte foi na zona rural, principalmente onde nascem os dois valões que cortam a área urbana do município. Os valões Catarina e Esperança transbordaram na zona rural, e o Catarina transbordou na área urbana, algo que não acontecia desde 2009, segundo moradores da Rua Mário Vitipo Cardoso. A rua foi tomada pela água do valão, e algumas casas chegaram a ser invadidas pela água, mas o nível do Catarina baixou durante a madrugada. O vídeo abaixo mostra como ficou o Valão da Esperança. Em nossa página no Facebook (AQUI) há transmissões ao vivo do trasbordamento do Valão Catarina.

continua após o vídeo

imagens: reprodução de Luiza Dutra e Neto Oliveira

Outros córregos também transbordaram na zona rural do município. Nas localidades onde nascem os valões não há estações pluviométricas, por isso não é possível saber a quantidade de chuva. Alguns moradores acreditam que tenha ocorrido o fenômeno “cabeça d’água”, que é o aumento rápido e repentino do nível de um rio/córrego corrente ou cheio, devido às chuvas nas cabeceiras ou em trechos mais altos de seu percurso. Os níveis dos valões subiram rápido, principalmente o da Esperança. Também choveu muito forte em pontos da RJ-192. Na localidade do Piraí, moradores ficaram assustados com a força da água.

continua após a imagem

Na área urbana, o pluviômetro do sistema de alerta de cheias do Instituto Estadual do Ambiente (INEA) registrou 58 milímetros de chuva. Na área rural, apenas a localidade de Dois Rios possui uma estação pluviométrica. Por lá foram registrados 33 milímetros. Essa estação é a mais próxima da localidade de Piraí, onde também choveu forte. Para este sábado, ainda há possibilidade de chuva forte em toda a região.

Estado de Alerta
A Secretaria Estadual de Defesa Civil colocou o estado em estágio de alerta em decorrência das chuvas intensas que atingem o Rio de Janeiro. Toda a estrutura da secretaria e do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ) ficará de prontidão, nas próximas 72 horas, atuando para prevenir e minimizar danos causados pelas precipitações. Até o momento, já foram acionadas 44 sirenes em todo o Estado. Os municípios mais afetados são Rio de Janeiro, Niterói, Magé e São Gonçalo.

VEJA MAIS

VEJA MAIS